English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, abril 15, 2016

Câmara de Barra Mansa solicita medida para prevenção da gripe H1N1

Câmara de Barra Mansa solicita medida para prevenção da gripe H1N1
Vereadores aprovaram requerimento solicitando a vacinação imediata contra a gripe H1N1.
Os vereadores de Barra Mansa aprovaram, na sessão de quinta-feira, 14 de abril,  requerimento solicitando a disponibilização imediata da vacina contra a gripe H1N1 em toda rede de atendimento de saúde do município. O ofício solicitando a vacina será encaminhado  ao Executivo em nome da Câmara. O autor do pedido, vereador Luiz Furlani afirmou que a intenção do requerimento é demonstrar a preocupação do Legislativo em prevenir a doença e não gerar pânico na população.
-Precisamos pressionar o Executivo para tomas as medidas necessárias antes que a doença se alastre mais. Sei que o secretário de saúde foi ao Rio para adiantar a vacinação, mas precisamos, também, nos posicionar diante desta doença preocupante – afirmou Furlani.
O vereador protocolou, também, requerimento solicitando que fossem disponibilizados equipamentos de proteção aos funcionários da Saúde para se prevenirem da gripe H1N1.
-Os profissionais de saúde do município estão trabalhando com medo de serem infectados, pois não tem os equipamentos de proteção necessários, luvas, máscaras e álcool gel.Esta falta de proteção prejudica o atendimentos aos doentes. Não adianta imunizar a população e colocar em riso os profissionais de Saúde. Todas as medidas possíveis para evitar uma epidemia devem ser implementadas. Algumas escolas estão pedindo que os alunos com suspeita da doença, ou até mesmo somente tossindo, não freqüentem as aulas – justificou Luiz Furlani.
Ainda durante a sessão, o vereador Cristiano Alves Vieira afirmou  que recebeu informação da Secretaria de Saúde de que os materiais de prevenção à doença já estão sendo disponibilizados aos profissionais.