English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, julho 19, 2016

Estudantes de Barra Mansa visitam fábrica de automóveis

Setenta jovens do Ensino Médio e que fazem, também, curso Técnico de Eletrotécnica tiveram a oportunidade de ver na prática o que já foi aprendido em sala de aula

Os 70 alunos e instrutores do Programa Dupla Escola do Ciep 493 – Professora Antonieta Salinas de Castro, de Barra Mansa, visitaram o Polo Industrial Brasil do Grupo PSA, localizado em Porto Real, na última terça-feira, dia 12. Os meninos e meninas tiveram a oportunidade de ver de perto como funciona uma grande empresa do setor automobilístico. O programa é uma parceria entre o Grupo PSA, indústria automotiva francesa que produz os carros da Peugeot e Citroën; a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), o RioSolidario e o Senai Rio.

A maioria dos jovens nunca tinha visitado uma fábrica. Eles, que fazem curso Técnico de Eletrotécnica, ficaram encantados com as etapas de produção dos veículos da Peugeot e da Citröen.

– A visita foi ótima, pois vimos na prática o que estamos aprendendo no curso. Gostei, principalmente, de ver os robôs que são utilizados na linha de montagem – disse Beatriz Fontes, de 14 anos, que pretende cursar faculdade de Engenharia Mecatrônica.

As alunas Thaís Moura e Ana Júlia, ambas de 15 anos e que estão na 1ª série do Ensino Médio, não estudavam no Ciep 493 e se matricularam em busca de uma educação de qualidade e visando a formação profissional. Para elas, a visita foi um ótimo aprendizado.

O secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, destaca que os benefícios dessa parceria serão para os jovens de Barra Mansa e de outras cidades do entorno, pois permitirá, no futuro, a contratação de mão de obra local sem que precisem se deslocar a lugares distantes para estudar ou ir em busca de trabalho.

– O mercado na área de Eletrotécnica está crescendo cada vez mais na Região Sul Fluminense e isso gera boas expectativas nos alunos. Essa visita só reforçou essa perspectiva – ressaltou Wagner Victer.

Coordenadora do Futuro Agora, programa para jovens do RioSolidario, Aline Bieites acompanhou o passeio. Para ela, a visita mostra aos alunos como as disciplinas aprendidas no curso podem ser aplicadas em diversas etapas de produção.

– Aqui eles puderam ter o gostinho do que serão capazes de fazer. Eles sairão qualificados para atuar não só aqui, mas em outras empresas da região. O curso é uma oportunidade de conseguirem uma colocação melhor no mercado de trabalho – destacou Aline.

O passeio faz parte de um calendário de eventos especiais elaborados pelo Grupo PSA para que os alunos tenham contato com as atividades práticas do setor e da área de formação do curso.

Sobre o programa
Divididos em duas turmas de 35 alunos, os jovens estudam em tempo integral as matérias regulares do Ensino Médio, oferecidas pela Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), e também disciplinas do curso técnico de Eletrotécnica (teóricas e práticas), como Eletricidade, ministradas pelo Senai Rio. O RioSolidario é responsável pela gestão administrativa, financeira e aplicação dos recursos repassados pelo Grupo PSA.

Primeiro Dupla Escola do Sul Fluminense que oferece curso técnico, o CIEP 493 foi reformado e conta com laboratórios equipados especialmente para as aulas de Eletrotécnica. O programa atenderá 140 alunos, nos próximos dois anos, e terá investimento total de cerca de R$ 2,6 milhões.
– Temos orgulho de participar de um projeto tão importante para os jovens da Região Sul Fluminense – destacou o diretor de Marketing, Produto, Comunicação e Relações Externas América Latina do Grupo PSA, Fabrício Biondo.

O primeiro semestre de aulas já foi muito bem avaliado pelos alunos.

- Em pouco tempo de curso, já desenvolvemos nossos conhecimentos em áreas como comunicação, matemática e trabalho em equipe. Estou muito satisfeita com a oportunidade – disse a jovem Thaís Moura, de 15 anos.
Para o professor de elétrica, eletrônica e automação, Moisés Santos, os alunos também já mostraram muita evolução desde o início do ano letivo:

– Muitos chegaram aqui sem muito conhecimento sobre a área que escolheram e já apresentam uma evolução muito boa. O ensino prático é sempre muito importante e eles já podem aplicar os conceitos no dia a dia – finalizou.