English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

segunda-feira, julho 25, 2016

Tire suas dúvidas sobre aposentadoria

Especialistas esclarecem dez principais questionamentos de quem está em vias de requerer o benefício

Martha Imenes
Brasília - Muitas são as dúvidas em relação à reforma da Previdência, ainda em discussão pelo governo do presidente interino Michel Temer (PMDB). A incerteza sobre o que e quando mudará preocupa homens e mulheres em vias de se aposentar. Entre as propostas em estudo, e ainda não confirmadas, há substituição da aposentadoria por tempo de contribuição por uma regra que soma idade e tempo de serviço. Atualmente, um trabalhador precisa comprovar 35 anos (homem) de recolhimento para o INSS e 30 anos (mulher) para ter a concessão do benefício por tempo de serviço. A medida prevê acabar com o atual fator previdenciário, que reduz as aposentadorias, mas manter a Fórmula 85/95, entre outras questões.
Os especialistas Adriane Bramante, Luiz Felipe Veríssimo e José Ricardo Ramalho, responderam dúvidas sobre aposentadoria. São questões que vão desde como é feita a contribuição até como dar entrada no benefício. O DIA preparou um teste para o leitor verificar se pode requerer o benefício.
Abaixo estão as dez principais dúvidas que os trabalhadores têm sobre o que é aposentadoria, seus tipos e quem tem direito. Responda o quiz para testar seu conhecimento!
Como é feita a contribuição à Previdência Social? 
A contribuição é feita de duas maneiras. Para quem tem registro em carteira de trabalho: a empresa faz o recolhimento, que desconta, de acordo com o salário, de 8% a 11% e repassa aos cofres da Previdência. Já contribuintes individual e facultativo recolhem por meio do pagamento de carnê, valores equivalentes a 20% do salário.
Por meio de transferência bancária ou em casa lotérica.
Por depósito bancário na conta da Previdência Social.
Quando é possível aumentar o valor da contribuição?
Quem trabalha com carteira assinada somente terá sua contribuição elevada quando houver reajustes salariais ou promoções que aumentem sua renda. O contribuinte individual pode elevar sua contribuição desde que não ultrapasse o teto máximo de 20% do seu salário, ou R$1.037,96, caso a renda supere o teto que é R$ 5.189,82.
Quando receber dinheiro extra em trabalho temporário.
Quando tiver algum pagamento de plano privado.
Quais são os tipos de aposentadoria do INSS?
Por tempo de contribuição, sendo 30 anos para mulheres e 35 para homens. Por idade, em que são exigidas 180 contribuições mensais (15 anos) e 60 anos para mulher ou 65 para o homem. Pela 85/95, que soma a idade com tempo de contribuição. Existem a por invalidez e tempo especial.
Quando tiver contribuído por 10 anos ao instituto.
Com 14 anos e 8 meses de contribuição para o INSS.
Como calcular o valor da aposentadoria? 
O valor é feito por meio da média aritmética simples de 80% dos maiores salários de contribuição entre julho de 1994 e o mês imediatamente anterior à aposentadoria.
Somando todas as contribuições feitas ao instituto.
Ela é calculada tendo como base todos os salários.
O que é o fator previdenciário usado para calcular a aposentadoria?
É um índice que leva em conta idade, contribuição e expectativa de sobrevida do segurado. É utilizado para reduzir o valor do benefício de quem se aposenta cedo.
É uma regra de matemática simples.
É uma regra que avalia as condições da aposentadoria.
O que é a Fórmula 85/95 progressiva? 
A aposentadoria é uma média dos 80 maiores salários do período de contribuição.
Porque leva em conta as últimas contribuições.
Porque a regra de cálculo está defasada.
O que acontece quando o contribuinte morre?
Os dependentes (cônjuge ou companheiro e filhos menores de 21 anos ou inválidos) poderão solicitar a pensão por morte. Não havendo nenhum destes, podem se habilitar ao benefício os pais ou irmãos menores de 21 anos ou inválidos, desde que comprovem dependência financeira em relação ao falecido.
Mesmo com dependentes seu dinheiro fica no INSS.
O dinheiro é distribuído entre os parentes vivos.
Qual a diferença entre tempo de contribuição e idade?
A aposentadoria por idade exige 60 anos para mulher e 65 para homem, com pelo menos 180 meses de contribuição. Tempo de serviço: não há idade mínima, mas poderá haver incidência do fator de forma prejudicial. É preciso que homens paguem durante 35 anos e mulheres 30.
Tempo de contribuição e de idade são a mesma coisa.
Contribuição é o valor que o segurado faz conforme a idade.
Como o trabalhador pode solicitar a aposentadoria?
Para obter o benefício o contribuinte deve se dirigir a uma agência do INSS. A lista dos documentos exigidos pode ser consultada no site da Previdência. O atendimento pode ser agendado pela internet ou pela Central 135, de segunda a sábado, das 7h às 22h.
Ir no INSS com as carteiras sem agendar.
Fazendo uma carta ao instituto pedindo o benefício.
Resposta
Você pode perceber que todas as primeiras respostas estavam corretas. Então, já é possível reunir seus documentos, ir à Previdência Social e dar entrada em sua aposentadoria. Se teve dúvidas sobre alguma resposta, não se apavore, as leis são complicadas e mudam constantemente no Congresso. Fique tranquilo e releia todas as respostas e, afinal, aproveite a vida.http://odia.ig.com.br/economia/2016-07-24/tire-suas-duvidas-sobre-aposentadoria.html