English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sábado, setembro 24, 2016

CRAS Nova Primavera e CAPD ganham salas do Programa Faetec Digital

O prefeito Antonio Francisco Neto e o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, inauguraram duas salas do programa Faetec Digital na manhã desta sexta-feira (dia 23). As unidades beneficiadas foram o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Nova Primavera e o Centro Dia de Atendimento à Pessoa com Deficiência (CAPD) – ambas da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac).
        
        “Essas unidades que estamos inaugurando hoje simbolizam o que nós estamos podendo fazer em um momento de tantas dificuldades. Aqui é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura Municipal de Volta Redonda. Nós estamos buscando essa parceria em todos os locais, unindo as forças, para que possamos expandir a nossa rede. É uma parceria que levamos a Faetec para mais próximo da comunidade”, explicou o secretário Tutuca.

        Também estiveram presentes nas inaugurações os secretários municipais de Ação Comunitária, Munir Francisco, e de Esporte e Lazer, Rose Vilela, o deputado federal Deley de Oliveira e o diretor de Tecnologia da Faetec, Rogério Pires e familiares das homenageadas.
        
        No CRAS Nova Primavera, a cerimônia foi iniciada com uma apresentação de dança do Grupo de Convivência do CRAS. Em seguida foram feitos os pronunciamentos das autoridades, do presidente da associação de moradores do bairro Nova Primavera, Fabiano de Jesus, e familiares da homenageada Adalgisa de Oliveira Sobreira. A sala da Faetec conta com 10 computadores, que estão disponíveis para a comunidade, para acesso gratuito à Internet, além de aulas e oficinas de Informática, que serão conduzidas por um monitor da Faetec e um monitor da Smac, do programa Inclusão Digital. De acordo com informações da Smac, serão abertas duas turmas pela manhã e duas turmas no turno da tarde, com um aluno por computador. Cada turma terá aula uma vez por semana, totalizando 200 alunos atendidos por semana.
        
        “Uma das melhores coisas que veio para cá é a Faetec. Porque o pessoal tem muita dificuldade, devido à renda baixa das famílias. Vai ajudar demais, vai melhorar muito o nível cultural dos jovens, dos adolescentes, e dos adultos também. Tem muitas pessoas adultas aqui que gostam de fazer isso e precisam fazer, porque a informatização é para todos”, disse emocionado João Lucio Dutra, de 62 anos, que trabalha como pedreiro e é morador do bairro.

        No CAPD, a sala Doralice da Silva tem cinco computadores, disponibilizados inicialmente para os usuários do centro. O atendimento visa a inclusão digital das pessoas com deficiência e TEA (Transtorno do Espectro Autístico), utilizando o computador e a informática como ferramenta de trabalho. As atividades são devidamente planejadas de acordo com o grau de desenvolvimento cognitivo dos usuários, contribuindo para uma melhora na socialização dos usuários, além de motivá-los pra participação em outras atividades. O serviço será disponibilizado para os cerca de 140 usuários atendidos pela unidade.

        “A gente sabe que o investimento para os nossos usuários é muito importante para quem trabalha no segmento. Poder oferecer um atendimento com qualidade melhor, oferecer equipamentos com uma possibilidade de rendimento e desenvolvimento para eles é sempre bom”, disse a diretora do CAPD, Beth Melo.

        O prefeito Neto reforçou a importância da parceria com o Governo do Estado e agradeceu aos familiares das homenageadas. “É uma honra para nós podermos homenagear essas pessoas tão queridas, tão presentes”.

        Adalgisa – Nascida no dia 18 de agosto de 1942, em Itaboraí (RJ), Adalgisa de Oliveira Sobreira veio para Volta Redonda e aqui viveu juntamente com seu esposo e filhos. Era moradora do bairro Nova Primavera desde a sua criação, onde participava do sopão da igreja, que era servido à comunidade. Participou também das atividades esportivas daquele bairro, como técnica, tendo conseguido benfeitorias para o campo de futebol local.

        Doralice – Nascida no município de Barra Mansa no dia 12 de novembro de 1982, Doralice da Silva veio para Volta Redonda, onde viveu com seus pais – Sr. Geraldo da Silva e Srª Maria Eva da Silva – e irmãos. Foi inserida em 2004 para atendimento na oficina de artesanato da OAT (Oficinas Abrigadas de Trabalho), um dos projetos disponibilizados pelo CAPD com o objetivo de trabalhar sua comunicação e socialização. Participou também dos atendimentos no Espaço de Convivência e do Centro de Informática. Foi inserida no Projeto Bombeiro Mirim, com ótimo desempenho e participação. Foi desligada dos atendimentos recebidos, quando passou a residir com um dos irmãos na cidade de Barra Mansa.