English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, setembro 27, 2016

SNJ recebe representantes do Sinase

A secretária-adjunta nacional de juventude, Roberta Pires Ferreira, se reuniu nesta segunda- feira (26/09) com o coordenador geral do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo do Ministério da Justiça e Cidadania (Sinase/MJC), Cláudio Augusto Silva, e a coordenadora substituta, Cecília Froemming. Eles debateram sobre o acolhimento a jovens egressos e a possibilidade de visitas técnicas em conjunto a unidades socioeducativas.
O Sinase é quem organiza a execução das medidas socioeducativas aplicadas a adolescentes aos quais é atribuída a prática de ato infracional. Além disso, a coordenação do Sinase integra as suas ações a diferentes ministérios e apoia fóruns e redes de proteção estaduais e municipais, subsidiando a melhora na infraestrutura das unidades em todos os estados.
O acordo entre SNJ e Sinase prevê que dados obtidos por meio da Plataforma Juventude Segura – programa de iniciativa da SNJ que tem abrangência nacional – possam ser utilizados na elaboração de um programa para jovens egressos. O Juventude Segura visa aproximar a juventude da segurança e vice-versa, tornando a política de segurança mais eficaz. Estão programadas rodas de conversas em diversas capitais brasileiras. A Plataforma conta com a parceria da Unicef e o primeiro encontro previsto está para novembro. O ponto de partida dessa plataforma é o entendimento de que a segurança pública é um direito que deve ser garantido pelo Estado, mas também é um dever de todos.
Texto: Ascom/SNJ