English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sábado, novembro 05, 2016

Aeroportos de Guarulhos e do Galeão farão parte de programa que facilita entrada de viajantes nos EUA

O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos informou na última sexta-feira (4) que escolheu 11 aeroportos internacionais em nove países diferentes para possível expansão de um de seus programas que visa facilitar a vida dos viajantes. Caso esta expectativa se confirme, aqueles que tiverem os EUA como destino poderão se submeter a imigração, alfândega e, também, à inspeção do Departamente de Agricultura por meio da Alfândega dos EUA já em seu país, antes mesmo de embarcar para os Estados Unidos. Atualmente isto é feito na chegada aos Estados Unidos. O objetivo é reduzir atrasos, filas e ajudar os passageiros que fazem vôos com conexão dos EUA.
O número de embarques para os Estados Unidos nos aeroportos selecionados para o programa ultrapassa 10 milhões de viajantes por ano. São eles: Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá; Ministro Pistarini Aeroporto Internacional de Buenos Aires; Aeroporto de Edimburgo na Escócia; Aeroporto Internacional de Keflavik, na Islândia; Aeroporto Internacional da Cidade do México; Aeroporto de Milão-Malpensa da Itália; Aeroporto Internacional de Kansai, em Osaka; Rio de Janeiro-Galeão Aeroporto Internacional; Leonardo da Vinci-Fiumicino, em Roma; Aeroporto de São Paulo-Guarulhos Internacional em São Paulo, e Princess Juliana International Airport em St. Maarten.

Assista à Record onde e quando quiser

Leia aqui mais notícias de Internacional
Em maio de 2015, os EUA identificaram dez aeroportos em nove países como possíveis participantes do programa, entre eles o Stockholm Arlanda Airport, situado a cerca de 40 km de Estocolmo. Na sexta-feira, Estados Unidos e Suécia assinaram acordo para implementar o programa no local até 2019. O desejo dos Estados Unidos agora é finalizar acordos com os países nomeados na roda de de expansões em 2015.
O programa norte-americano têm atualmente 15 aeroportos locais em seis países: Aruba; Freeport e Nassau, nas Bahamas; Bermudas; Calgary, Toronto, Edmonton, Halifax, Montreal, Ottawa, Vancouver e Winnipeg; Dublin e Shannon, Irlanda; e Abu Dhabi.http://noticias.r7.com/internacional/aeroportos-de-guarulhos-e-do-galeao-farao-parte-de-programa-que-facilita-entrada-de-viajantes-nos-eua-05112016