English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, novembro 08, 2016

Prefeito eleito visita unidades de saúde e constata abandono

As unidades de saúde da Região Leste foram vistoriadas ontem pelo prefeito eleito Rodrigo Drable (PMDB), acompanhado do futuro secretário de Saúde, Sérgio Gomes, e de integrantes da equipe de transição. A visita não contou com a presença de representantes do atual governo. Rodrigo afirmou ter ficado impressionado com o que encontrou nas unidades. Segundo ele, a saúde foi colocada na UTI. Estão faltando medicamentos, material para sutura, luvas, exames preventivos. A parte de infraestrutura também não é das melhores, locais estão com vazamentos e infiltrações.
“Isso é covardia com uma população que já tanto sofre”, denunciou Rodrigo, que também é vereador e estava exercendo sua função de fiscalizar o Poder Público.
Rodrigo começou a visita pela Policlínica do bairro Nove de Abril. Pediu autorização para a responsável pelo posto para conhecer o local, e pode constatar através de funcionários da unidade, uma série de falhas na gestão, falta de medicamentos, infiltrações, vazamentos e problemas que interromperam o atendimentos ao cidadão. Ele esteve ainda na área odontológica, controlada pelo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Lá, os dez dentistas que deveriam atender no segundo andar da Policlínica estão parados. Motivo: não tem luvas para eles fazerem atendimento. “Estou pra me aposentar e nunca vi nada parecido em toda minha vida”, disse uma das funcionárias do CEO que não quis se identificar, frisando que nenhum paciente está sendo atendido.
No bairro Boa Vista II, os representantes do governo eleito estiveram na Unidade de Saúde da Família (USF) e disseram ter encontrado situação parecida, assim como no PSF Santa Terezinha no Paraíso de Baixo. Nas unidades visitadas, Rodrigo Drable parabenizou os funcionários. “Parabéns por vocês atenderem a população nestas condições lastimáveis”, ressaltou.
FALTA DE MEDICAMENTOS
A falta de medicamentos em estoque em cada uma das farmácias das unidades de saúde visitadas foi o que mais indignou o prefeito eleito. Segundo Drable, no Nove de Abril nem Captopril, medicamento para o coração, tinha. Segundo os funcionários, desde 2015 que os medicamentos não são encaminhados com regularidade para a unidade, nem mesmo os medicamentos da cesta básica da saúde. “Não sabemos nem o que falar para a população. As pessoas chegam aqui em péssima situação e apenas fazemos o encaminhamento para a Santa Casa, já que a UPA não esta atendendo”, disse umas das funcionárias.
Também na Policlínica, a ginecologista está há três anos de licença, não é feito o eletrocardiograma por falta de fita e o atendimento de fisioterapia poderia ser ampliado, mas não há estrutura.
O futuro secretário de Saúde, Sérgio Gomes, destacou que o que mais impressionou na visita foi a falta de fiscalização da Vigilância Sanitária. De acordo com ele, se não fossem os funcionários a situação seria agravada. “É uma falta de respeito com o cidadão e com os funcionários, que ficam expostos a possíveis contaminações. Sem falar no mofo e nas infiltrações”, disse. http://avozdacidade.com/site/noticias/politica/54996/