English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, janeiro 03, 2017

Novo governo de Volta Redonda aproveita o primeiro dia útil do ano para checar problemas de mobilidade urbana



Prefeito e parte do secretariado foram às ruas para ouvir as críticas e sugestões

O primeiro dia do novo governo municipal de Volta Redonda começou cedo. Com o objetivo de ouvir a população sobre mobilidade urbana, o prefeito Samuca Silva, junto com o secretário municipal de Administração, Carlos Rosa; o presidente da Suser (Superintendência de Serviços Rodoviários), Wellington Nascimento da Silva; e o comandante da Guarda Municipal, Paulo Henrique Dalboni; esteve no ponto final do bairro Jardim Amália II. A equipe fez uma avaliação prévia do trânsito no local e conversou com os moradores.

“Fico feliz de ver o prefeito já nas ruas. É importante ter esse contato com o povo. Não esperava outra coisa”, comentou o soldador Gilberto Gil Soares, que aproveitou para solicitar uma passarela naquele trecho da Rodovia Lúcio Meira. “Vai ser maravilhoso se tivermos uma passarela aqui. Ia ajudar bastante o trânsito e os pedestres”, afirmou.

O prefeito Samuca Silva  reforçou a necessidade da passarela e de uma faixa seletiva para ônibus. “Passo aqui todos os dias e, como cidadão, sei da importância de acabar com esse gargalo no trânsito. A Rodovia do Contorno vai ajudar, mas não vai solucionar o problema”, disse o prefeito, acrescentando que outros pontos da cidade que também ficam congestionados em horários de pico, receberão o mesmo procedimento.  

A Guarda Municipal aprovou a ação e garante que essas atividades vão trazer  melhorarias para a  mobilidade urbana em Volta Redonda.“Nesse caso da rodovia, caso haja viabilidade dessas modificações, vai permitir que o trânsito flua tanto para quem vai a sentido Centro, como para quem vai para Barra do Piraí. Vivemos em uma cidade de pequena extensão territorial em relação à quantidade de veículos – 130 mil, aproximadamente, com picos de 180 mil”, finalizou Dalboni.  

A partir dessa primeira avaliação, a Suser vai realizar um diagnóstico e agendar uma reunião com a Acciona, concessionária que administra a rodovia para buscar as soluções. “Hoje mesmo vamos começar um estudo nessa área e buscar uma solução rápida. Nós vamos conversar com os moradores e vamos propor decisões. Estamos trabalhando junto com a população”, acentuou Wellington.

Transporte Coletivo – O prefeito Samuca Silva aproveitou para ir à prefeitura de ônibus e ouvir também os usuários do transporte coletivo. “Estou cansada de reclamar no WhatsApp e não ser atendida. Também, várias vezes, reclamar com a empresa e com a Suser e nunca fui atendida”, disse a vendedora  Eliane Costa de Oliveira, 40 anos, que leva 45 minutos, diariamente, para percorrer o trajeto de casa, no Minerlândia, até ao Aterrado.

“Vamos governar conhecendo a realidade. Hoje foi um dia muito produtivo. Já ouvi várias reclamações e vamos melhorar a qualidade do transporte público de Volta Redonda. Eu adoro dirigir, mas sempre que possível ando de ônibus. A população precisa andar mais de ônibus, mas para isso é preciso que haja uma boa estrutura”, concluiu.