English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, janeiro 17, 2017

Secretaria de Cultura realiza chamamento para blocos carnavalescos


A secretaria de Cultura de Volta Redonda convida os representantes dos blocos carnavalescos para uma reunião que visa promover mais segurança e organização para os blocos de rua, no período de Carnaval. O encontro acontecerá nesta quarta-feira, dia 18, às 15h, no auditório da prefeitura de Volta Redonda.  A intenção do governo municipal é retomar a história do carnaval da cidade, levando a festa para as ruas e reduzindo os custos.
A secretária municipal de Cultura, Márcia Fernandes, disse que algumas questões serão avaliadas na hora do cadastramento dos blocos. “É importante o fortalecimento dos blocos, que atraem cada vez mais o público e o carnaval de rua para a vida social e cultural da cidade. O tema principal é o Carnaval da família e vamos incentivar os blocos de rua que terão um procedimento mais fácil para cadastramento”, afirmou Márcia.
No entanto, Márcia acrescenta que alguns blocos não representam as características típicas do Carnaval, o que leva a secretaria a criar um novo chamamento para o cadastramento e para a montagem de um decreto que servirá de guia para outras edições da festa de Momo.
“É dever do poder público municipal manter, apoiar e preservar as manifestações culturais representadas pelos blocos de rua, mas precisamos de alguns critérios e vamos poder construir o regulamento junto com os representantes dos blocos”, comentou a secretária.
Confira os critérios para autorização para desfile dos blocos de rua em Volta Redonda
I - a tradição/ organização do bloco de rua;
II - as características do bloco em relação ao Carnaval de rua;
III - as características do Bairro/Região onde pretende desfilar o bloco;
IV - a relação que o bloco de rua mantém com a localidade/comunidade;
V - o local de realização do desfile pretendido;
VI - a estimativa de público;
VII - os possíveis impactos que possam interferir no dia a dia da localidade;
VIII - autorização do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, caso haja estrutura física (carro de som, trio elétrico, palco e assemelhados).