English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, fevereiro 24, 2017

CODEC BM, prefeitura e deputados revertem saída da inspetoria da Receita Estadual de Barra Mansa



A mobilização do CODEC BM (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Barra Mansa), ao lado do prefeito Rodrigo Drable, do deputado estadual Gothardo Lopes Netto e do deputado federal Deley Oliveira, conseguiu reverter a saída da inspetoria da Receita Estadual do município. Os servidores do órgão, que funciona a quase quatro décadas na cidade, já haviam encaixotado documentos e retirado a placa de identificação do local.

“No entanto, depois da nossa mobilização, a transferência da inspetoria para Volta Redonda foi cancelada. Já temos um ambiente difícil para atrair e manter empresas no município e a saída da inspetoria só traria mais complicações. Desde que ficamos sabendo da mudança do órgão, no início da semana, estamos nos mobilizando junto ao prefeito e deputados para reverter essa situação. Saímos da reunião mais tranquilos”, afirmou Arivaldo Corrêa Mattos, presidente do CODEC BM.

A confirmação da manutenção do órgão veio por meio de um telefonema do deputado Gothardo ao subsecretário geral da secretaria estadual de Fazenda, Luiz Cláudio Gomes, durante a reunião no gabinete do prefeito. “Segundo o subsecretário, a inspetoria já tinha retirado os móveis, equipamentos e documentos do imóvel, mas vai retornar para o local. Ele disse que no prazo de 60 dias vai ter uma solução concreta para a situação”, garantiu Gothardo.

O órgão estadual atende contadores e empresas dos municípios de Barra Mansa, Rio Claro e Volta Redonda. Segundo o proprietário do imóvel que abriga a inspetoria, Carlos Magno, o governo estadual não o notificou da saída. “No próximo dia 02 de março, tenho uma reunião no Rio de Janeiro para tratar do assunto e tentar uma negociação do débito do aluguel”, revelou Carlos, garantindo que não houve ação de despejo.

Para o prefeito Rodrigo Drable, a união das entidades empresariais, por meio do CODEC BM, e poder público foi fundamental para a manutenção da Receita Estadual. “Essa sinergia trouxe resultado muito positivo e será mantida para outros assuntos importantes da cidade”, disse Rodrigo.

“Estamos fazendo nosso papel de defender o desenvolvimento de Barra Mansa. A mudança da inspetoria só traria prejuízos aos empresários e prejudicaria o atendimento em Volta Redonda, que ficaria super lotado. Agradecemos ao empenho dos deputados e do prefeito. Vamos continuar acompanhando essa situação”, finalizou Alberto dos Santos Pinto, conselheiro do CODEC BM.