English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Corte de árvores fica suspenso em Volta Redonda durante Ciclo da Lagarta


Período deve ser respeitado conforme legislação ambiental; ação só ocorrerá em casos de risco à segurança

O mês de fevereiro é quando ocorre o Ciclo das Lagartas – período em que a larva está no ciclo de alimentação, para se preparar para o ciclo da pupa (quando se envolve no casulo e fica até a transformação em borboleta). Para que a cadeia alimentar não seja afetada, não poderão ocorrer cortes de árvores sem autorização da secretaria municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Volta Redonda, podendo acarretar em multa o descumprimento, visto que é crime ambiental.
Durante o ciclo, muitas pessoas costumam acionar a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos de Volta Redonda, solicitando a poda ou corte de árvores, devido à presença das lagartas, além das folhas que caem por conta da alimentação do animal. “Não podemos cortar a árvore por conta do desfolhamento, nem colocar veneno para matar as lagartas. Só serão cortadas as árvores que estejam atrapalhando a fiação ou que apresentem risco de queda”, explicou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Toninho Oreste, acrescentando que os serviços de limpeza da cidade continuarão normalmente no período.
Quem quiser cortar árvores por conta própria dentro de seu lote só poderá fazê-lo após o ciclo da lagarta. A pessoa deverá ligar para 3350-7123 e pedir autorização à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Nesse caso, o corte é por conta do cidadão, que deve pagar pelo serviço.
Ciclo da Lagarta

O período teve início na última semana e dura entre 20 e 30 dias. As lagartas atacam folhas verdes – principalmente palmeiras, sejam elas decorativas, florais, de coco, de palmito, entre outras, deixando os galhos completamente destruídos. Embora tenham aparência assustadora para alguns, as lagartas são nocivas, não causam mal ao ser humano.