English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

Governo Municipal recebe Sepe e inicia negociação com profissionais da Educação


O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, recebeu nesta quinta-feira, dia 9, no Palácio 17 de Julho, a diretoria do Sindicato Estadual de Profissionais da Educação (SEPE) de Volta Redonda. Na ocasião, os sindicalistas apresentaram a pauta de reivindicações com 14 itens, sem um percentual de reajuste salarial definido. Mas, iniciou-se o processo de diálogo com o órgão sindical.
"Atualmente, a cidade não tem dinheiro e uma dívida de quase R$ 1 bilhão. Mas estou aqui para dialogar e ser transparente. Eu, como servidor público, quero deixar uma marca ao funcionalismo. Vocês têm o canal direto comigo", disse Samuca Silva, que foi acompanhado pela secretária municipal de Educação, Rita de Cassia Andrade.
A coordenadora do Sepe do Sul Fluminense, Maria da Conceição Nunes, elogiou a postura do prefeito e a abertura do diálogo. "Nos últimos 20 anos, as entidades representativas do funcionalismo tiveram dificuldades para apresentar pautas ao Executivo. Queremos que esse canal de diálogo seja permanente", afirmou. Na próxima terça-feira, dia 14, o Sepe realizará uma assembleia com os profissionais da Educação municipal.
Entre as pautas debatidas, estava o Plano de Cargos, Carreira e Salário (PCCS). Samuca sugeriu que fosse criado um Grupo de Trabalho, que tenha representantes dos órgãos sindicais e do poder público municipal. "Assim, os sindicatos, em parceria com o poder público, ajudam a encontrar uma solução. É bom para prefeitura e para os órgãos sindicais. Tem que esquecer o passado e pensar no futuro. Não tenho vínculo nenhum com político do passado. Aliás, nenhum secretário meu foi indicação partidária. Definindo a composição, farei um decreto para a criação formal do Grupo de Trabalho que terá total autonomia", garantiu o prefeito.
Hoje, Volta Redonda possui 103 escolas municipais e, aproximadamente, 36 mil estudantes.