English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

POUCO MAIS DE UM MÊS DE NOVO GOVERNO E 100 EMPRESAS SÃO ABERTAS EM VOLTA REDONDA


Mais de 300 de empregos gerados no município  São os números do  programa Alvará Fácil.

Com a implantação do Alvará Fácil, a Prefeitura de Volta Redonda espera reduzir em 30%, o tempo de emissão do documento, segundo informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. Em 43 dias, foram emitidos 98 alvarás, o que gerou cerca de 300 empregos diretos. A implantação desse benefício em Volta Redonda, foi tema de uma reunião realizada nesta segunda-feira, dia 13, no auditório da prefeitura, onde o prefeito Samuca Silva conversou com cerca de 50 contadores que atuam no município. Ele ressaltou a importância de se ter um contador à frente do Governo Municipal e pediu a colaboração desses profissionais na gestão pública.

“Em Volta Redonda, especificamente, sabemos das dificuldades e burocracias e, desde o início, estamos trabalhando para que o pessoal tenha essa atenção com os contadores. Aproveito a oportunidade para fazer um pedido à minha equipe: para que crie uma pauta permanente. Acho melhor que seja mensalmente para sabermos como está o município sob o ponto de vista de vocês”, afirmou Samuca.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Volta Redonda, Joselito Magalhães, explicou que o encontro serviu para apresentar o que foi feito pela Secretaria nesses primeiros 43 dias de governo. Prioritariamente o esforço no sentido de desburocratizar o processo de abertura de empresas, através da implantação do Alvará Fácil.

Segundo os números da Estatística Cadastral do Sistema Mobiliário da  Secretaria Municipal de Fazenda, no período de 2 de  janeiro a  13 fevereiro foram concedidos 98 alvarás para o funcionamento de empresas.Além dissom foram concedidos 37 alvarás individuais (MEI).

“Para isso, temos um cronograma que está sendo cumprido e a implantação definitiva do Regin (Regime Mercantil Integrado) vai ser a partir do dia 6 de março. Queremos também chamar os contadores para uma reunião de participação para a gente verificar de que forma vai melhor direcionar o nosso trabalho, tendo em vista todo esse nosso processo de melhoria de ambiente de negócios na cidade. A ideia é tornar esse ambiente mais preparado para que possamos gerar emprego e renda”, conta Joselito Magalhães.

Outro assunto debatido foi a Declan-IPM (Declaração Anual do Índice de Participação dos Municípios) que, segundo Vera Nunes, assessora da Secretária de Desenvolvimento Econômico, é de extrema importância para o município. “A Declan é uma declaração que se faz ao Estado e o município, a partir dela, tem direito a uma parte do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Quanto melhor for feita essa declaração, mais o município ganha”, explicou Vera.

A reunião também teve a participação da secretária municipal de Fazenda, Norma Chaffin; da diretora do Departamento de Impostos Mobiliários da SMF, Daisy Massar, do Ouvidor Geral do município, Luiz Sergio Teixeira, e do coordenador da 4ª Delegacia da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), Marcos Vieira da Cunha.