English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, fevereiro 14, 2017

Vacina contra febre amarela deve ser tomada 10 dias antes de viajar


Secretaria de Saúde de Barra Mansa diz que município está fora de risco de contaminação; Ministério da Saúde faz alerta para quem vai viajar para áreas endêmicas no carnaval


Apesar de Barra Mansa não ser considerada área endêmica, com a proximidade do carnaval a população deve ficar atenta em relação à vacinação contra a febre amarela: a vacina deve ser tomada 10 dias antes de viajar. Os foliões que pretendem passar o carnaval em áreas afetadas pela doença, como cidades de Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, além do noroeste do Rio de Janeiro, devem tomar a vacina, segundo recomendações do Ministério da Saúde. Em Barra Mansa, a vacinação está sendo feita às terças e sextas-feiras, das 8h ao meio dia, mediante senhas de atendimento.

A coordenadora do Setor de Imunização da Secretaria de Saúde de Barra Mansa, Marlene Fialho de Miranda, comentou que a procura pela vacinação é grande no município, apesar de não apresentar risco de surto ou contaminação pelo vírus. “Barra Mansa não é considerada área endêmica e mesmo assim a procura pela vacina foi grande nas últimas semanas.”

A procura pela vacina deve ser maior nos dias que antecedem o carnaval, mas Marlene orienta que só deve tomar quem for para áreas com risco de contaminação, devido às reações que ela pode provocar. “Não há necessidade de tomar se não for viajar para áreas contaminadas. A vacina é feita com vírus vivo e pode causar reações como febre, dor de cabeça e dor muscular”.

Quem pretende viajar no sábado, dia 25 de fevereiro, por exemplo, a orientação é que tome a vacina até o dia 15, para que seja eficaz. Outra medida de prevenção que pode ser adotada é o uso de repelente.

Minas Gerais é o estado com maior número da doença

De acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo Ministério da Saúde, o Brasil teve 234 casos de febre amarela e 79 mortes este ano. Desse total, 69 foram registrados em Minas Gerais. O vírus é transmitido pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes e está presente em áreas de mata, rurais e silvestres.

A lista completa de municípios com risco de contaminação da febre amarela pode ser encontrada na página principal do site do Ministério da Saúde (http://portalsaude.saude.gov.br/).
A Secretaria de Saúde de Barra Mansa fica na Rua Pinto Ribeiro, no Centro.