English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quinta-feira, abril 13, 2017

Alunos da academia da vida encenaram a Paixão de Cristo

Alunos da academia da vida encenaram a Paixão de Cristo
Apresentação emocionou os alunos, professores e
familiares que assistiram ao espetáculo

Os alunos dos grupos de teatro da Academia da Vida Oscar Cardoso, que fica no Setor Laranja, do Estádio Raulino de Oliveira, emocionaram quem assistiu a Paixão de Cristo encenada por eles nessa quinta-feira, dia 13, pela manhã. De acordo com a diretora da Academia da Vida, Márcia Campos, as apresentações dos alunos dos cursos de teatro são sempre emocionantes. “O teatro representa liberdade, aumenta a autoestima deles, além de contribuir para a socialização dos alunos da Academia. Eles se sentem mais capazes”, disse a diretora.

O professor de teatro Hormínio Gama Filho, o Gama, explicou que os alunos estão se preparando há cerca de um mês para a apresentação. “Levamos um mês para preparar as roupas, o cenário e ensaiar. Nosso objetivo era de despertar no aluno a importância da Semana Santa. Eles adoram encenar, pois se sentem valorizados e confiantes”, explicou o professor.

Para a advogada Leandra Maria Silvério, moradora do bairro Vila Americana e filha da dona Lucy Ramos, que estava participando da encenação, a Academia da Vida é uma escola maravilhosa. “Essa escola é extremamente importante para minha mãe. Ela está aqui desde a sua fundação e participa de vários cursos. Ela sempre foi ativa e a escola trouxe uma excelente qualidade de vida para ela”, comentou a advogada.

Dona Maria Aparecida de Oliveira Bastos tem 73 anos e é moradora do bairro Jardim do Aço, que representou a Verônica - que segundo a história, foi à mulher que, enquanto Jesus, com a cruz aos ombros, se dirigia ao Calvário, enxugou o rosto de cristo e  a sua imagem ficou na toalha – a oportunidade de participar de encenações como essa é emocionante. “Foi um momento de muita emoção. Quando era mais nova eu cantava nas festividades da igreja que eu participava. Há tempos eu não cantava. Estou muito feliz de ter participado nesse momento”, concluiu.