English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, abril 05, 2017

Vigilância Sanitária intensifica fiscalização em peixarias na Quaresma


Consumo de pescado aumenta no período que antecede à Páscoa

A Vigilância Sanitária de Volta Redonda aumentou a fiscalização em peixarias e supermercados que comercializam pescados durante a Quaresma, período do ano litúrgico que antecede a Páscoa cristã. Nesta época, por tradição, o consumo de peixes e crustáceos aumenta, tendo como ponto alto a Semana Santa. Somente nesta semana as equipes da Vigilância Sanitária estiveram na segunda-feira, dia 03, em três grandes supermercados na Rodovia dos Metalúrgicos, e na terça-feira, dia 04, numa peixaria no bairro São Geraldo.

Entre outros detalhes, a equipe da vigilância observa a conversação dos pescados. “Se inteiros, devem ter três porções de gelo de água filtrada para uma de peixe; se limpos, devem estar sobre o gelo, sem contato direto, para não queimarem; funcionários devem trabalhar com uniforme completo, incluindo touca; e higiene do local”, informou a fiscal Lúcia Dib.

“É proibida a comercialização do camarão e outros crustáceos previamente descascados, sem registro em órgão fiscalizador competente. Como também bolinhos de bacalhau ou de camarão, siri e outros feitos na própria peixaria”, acrescentou a fiscal.

Durante as vistorias, Lúcia aproveitou para dar dicas básicas para o consumidor na hora de comprar o peixe. “Olho brilhante, ocupando toda órbita; pele e escamas firmes; guelra avermelhada; e anus fechado, são sinais de peixe fresco”, disse.

SUPERMERCADOS – os supermercados têm algumas peculiaridades. “Para citar tópicos bem importantes, como a maioria vende peixes congelados, a verificação da temperatura dos congeladores é muito importante”, citou Lúcia, lembrando que o bacalhau e os Ovos de Páscoa são outros artigos fiscalizados nesta época. “Quanto aos Ovos de Páscoa, por exemplo, além da data de validade observamos o armazenamento, principalmente se não estão próximos a produtos fontes de contaminação, materiais de limpeza ou fontes de calor”, disse.

Milena Peixoto Gomes Ferreira, que é secretária, comentou que as fiscalizações promovem segurança na hora da compra. “É importante que haja constantemente essas fiscalizações, pois nos sentimos mais seguros na hora de adquirir o produto. Com alimento não podemos brincar, pois se tiver estragado, causa danos graves à saúde”, concluiu.
"As equipes da Vigilância Sanitária intensificam o programa de fiscalização aos estabelecimentos que comercializam pescados nesta época do ano por conta do aumento das vendas. Mais consumo, maior risco de contaminação se o produto não estiver próprio para o consumo. O trabalho da vigilância visa garantir um produto de qualidade na mesa da população", finaliza o coordenador da Vigilância Sanitária de Volta Redonda, Bruno Freitas.