English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, junho 06, 2017

Fórum das Entidades Empresariais de Volta Redonda recebe visita do deputado estadual Edson Albertassi

Fórum das Entidades Empresariais de Volta Redonda recebe visita do deputado estadual Edson Albertassi

Na tarde desta segunda-feira, dia 05, o Fórum Permanente das Entidades Empresariais de Volta Redonda recebeu o deputado estadual Edson Albertassi para discutir a situação econômica do governo do Estado e sua interferência no município. Os temas abordados durante a reunião, realizada na sede da CDL VR, foram o aumento da violência na cidade; o plano estadual de recuperação fiscal e a retomada de algumas obras paralisadas.

A piora da segurança pública em Volta Redonda foi abordada pelo diretor do Metalsul (Sindicato das Indústrias Metalmecânicas do Sul Fluminense), Marcelo Mendes, que relatou o fechamento de escolas devido ao conflito entre traficantes. A redução do efetivo do 28º Batalhão da Polícia Militar e o deslocamento de policiais militares para a capital também foram questionados.

Albertassi informou que irá se reunir com o comandante geral da PM na próxima semana, junto com representantes da Polícia Civil e das entidades empresariais, para cobrar mais segurança na cidade. “Já tivemos um primeiro encontro com as chefias das policiais e eles deixaram claro que a ordem não é deslocar policiais. Combinamos que eles virão a Volta Redonda na semana que vem para tomar uma providência em relação ao problema da segurança pública. Acertamos também o reforço do efetivo e a interligação do sistema policial”, explicou o deputado.

Sobre a tributação empresarial, o presidente do Sipacon (Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Sul do Estado do Rio de Janeiro) José Wandick Fajardo, pontuou que a criação de novos impostos pode desestimular ainda mais o setor empresarial e prejudicar a economia estadual. Albertassi garantiu que o posicionamento da ALERJ será favorável ao setor. “Eu não posso afirmar que o governo estadual não trará nenhuma mensagem de aumento de impostos. Mas há o compromisso dos deputados estaduais de não aprovar leis que onerem ainda mais o setor produtivo”, disse.

O presidente da Aescon (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Volta Redonda), Leandro Glória, citou a importância da aprovação do Plano Nacional de Desenvolvimento do Varejo, desenvolvido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro (FCDL-RJ). “É fundamental levar este projeto para discussão na Alerj, pois é importante para diversos segmentos empresariais”, disse.

Retomada da economia
O deputado estadual Edson Albertassi encerrou a reunião afirmando que o mês de setembro será o prazo final para que a folha de pagamento dos servidores estaduais seja quitada e colocada em dia.  Para ele, o acordo com a União, perdoando a dívida estadual, ajudará a recuperar a economia e o desenvolvimento do Rio de Janeiro.

“O Rio de Janeiro viveu uma economia pujante entre 2013 e 2014. No final de 2015, tivemos o problema com a queda dos royalties, o que afetou todo o estado. Vivemos o drama da falta de dinheiro para investimentos. Porém, temos pela frente uma possível retomada do investimento com a agenda do Plano de Recuperação Fiscal que vai permitir economia de cerca de R$ 10 bilhões por ano e a liberação da conta dos royalties, de cerca de US$ 1 bilhão.  Estamos otimistas, podemos falar que o pior já passou. Com isso o comércio e a indústria acabam retomando o crescimento”, afirmou.