English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, junho 14, 2017

I Fórum Estadual dos Segmentos Artísticos é realizado em Volta Redonda

I Fórum Estadual dos Segmentos Artísticos é realizado em Volta Redonda
Objetivo é discutir políticas públicas para a Cultura da Região do Médio Paraíba

Volta Redonda sediou na tarde desta quarta-feira, dia 16, na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, o I Fórum Estadual dos Segmentos Artísticos do Rio de Janeiro. O evento contou com a participação dos representantes dos setores, artistas e produtores da cultura das cidades do Médio Paraíba, além da presença do secretário estadual de Cultura, André Lazaroni. O encontro discutiu políticas públicas com os trabalhadores dos segmentos artísticos: literatura; audiovisual; economia criativa; e artes cênicas.  

De acordo com o secretário é muito importante debater cada segmento em todas as regiões do estado. “Sabemos da importância de se debater cada segmento e suas características, pois são extremamente específicas. Cada região do estado é diferente. Temos que descentralizar um pouco”, afirmou Lazaroni. Segundo ele, é importante ouvir quem trabalha dia a dia com a cultura. “Temos que ouvir quem está ligado e trabalha com cultura. Aproveito para dizer que vamos regularizar a Lei de Incentivo Fiscais por região”, contou o secretário.

O fórum debateu também a economia criativa, patrimônio e museu. Para a secretária municipal de Cultura, Márcia Fernandes, o evento tem como função trabalhar em conjunto com quem vive o dia a dia da Cultura em Volta Redonda. “Esse fórum é uma forma de conhecer todos esses segmentos, conversar com quem atua neles, apresentar nossa equipe e fazer um grupo específico para discutir sobre essas políticas”, contou Márcia.
Cerca de 80 representantes de vários segmentos artísticos e culturais debateram sobre futuras melhorias. De acordo com a secretária municipal é ideal que essa lei de incentivos fiscais seja por região. “A ideia é ótima e a nossa gestão está se preparando para receber esses recursos da lei de incentivos fiscais”, enfatizou a secretária.