English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, junho 21, 2017

MOVI continua com atividades em Volta Redonda


MOVI continua com atividades em Volta Redonda

Ação da Saúde aconteceu no Conforto, 249, Ponte Alta, São Cristóvão, São Carlos, Eucaliptal e São Lucas

A secretaria municipal de Saúde de Volta Redonda, por meio do MOVI (Movimento Vida Interativa), realizou na tarde desta quarta-feira, às 15 horas, uma roda de conversas com moradores do bairro Conforto, com o objetivo de apresentar todos os mecanismos que a prefeitura oferece à população na participação efetiva na tomada de decisão nas políticas públicas da cidade, que envolve melhorias nos bairros, planejamentos, estratégias, etc. O evento foi ministrado pelos estudantes de administração da UFF (Universidade Federal Fluminense), Daniel Mockdece, Gabriel Clem, Leandro Oliveira e Júlia Neves, e pelo gestor público Carlos Mello.
Segundo o acadêmico Daniel Mockdece, de 22 anos, o objetivo foi explicar aos moradores os mecanismos e ferramentas de participação social, que são o orçamento participativo e o PPA participativo. “Explicamos todas estas questões e pedimos para que eles nos falassem sobre os principais problemas enfrentados por eles no Conforto. É uma ação idealizada pelo PET (Programa de Extensão Tutorial) e pela Empresa Júnior de Consultoria Pública da UFF”, ressaltou.
O aposentado Luiz Carlos Cabral, de 67 anos, morador do bairro, elogiou a iniciativa. “Esse plano é interessante, pois finaliza o funcionamento do orçamento participativo. Informei que os principais problemas enfrentados por nós, moradores, são de mobilidade urbana e principalmente a segurança”, concluiu.
O MOVI também marcou presença em outros pontos da cidade. No auditório da Unidade Básica de Saúde da Família do bairro 249, vinte pessoas receberam orientação sobre hábitos saudáveis, como o consumo de frutas, legumes e sucos que servem para o controle da diabetes e hipertensão. A nutricionista da secretaria municipal de Saúde de Volta Redonda, Maria de Fátima Milagres, ministrou uma palestra ao público presente explicando alguns tipos de receitas. “O suco de abóbora com maracujá, por exemplo, é rico em minerais e vitaminas. É bom para o sistema imunológico, com ação depurativa de toxinas, além de sua fibra ajudar no controle da glicose. Já o suco de inhame com maçã e limão, por exemplo, serve para amenizar cólicas menstruais e outros sintomas da TPM, além de reforçar as defesas do organismo. Divulgamos o dia a dia da unidade para pessoas que vem sempre para as consultas, principalmente os hipertensos e diabéticos”, explicou.
Mais cedo, na UBSF da Ponte Alta, uma palestra sobre higiene Bucal para gestantes e bebês também foi realizada. Já no São Carlos, o câncer de mama foi tema de uma roda de conversa para mulheres da localidade. Na Praça do Eucaliptal, a SMEL (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer) promoveu atividades recreativas, e na UBSF do mesmo bairro, aconteceu uma oficina sobre saúde bucal. No São Lucas, uma roda de conversa sobre aleitamento materno para mães foi realizada. Por fim, no São Cristóvão, atividades voltadas para as crianças foram promovidas, além de oficinas de violão