English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, julho 25, 2017

Quarto de Passagem pretende acolher pessoas adultas em situação de rua


Volta Redonda é a cidade do sul do estado que oferta maior número de serviços desse segmento, no trecho Rio de Janeiro x São Paulo


O Quarto de passagem, serviço que passará a ser ofertado no próximo mês pela Smac (Secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda), por meio do Abrigo Seu Nadim, pretende acolher até 14 pessoas, sendo dez homens e quatro mulheres em situação de rua que estão em trânsito pelo município. A periodicidade será condicionada à avaliação da equipe do Centro Pop, que será a porta de entrada deste serviço.

Neste primeiro momento, segundo o secretário da pasta e vice-prefeito, Maycon Abrantes, o quarto de passagem funcionará nas instalações do Abrigo Seu Nadim, no bairro Aterrado, e será uma unidade de acolhimento imediato e emergencial para pessoas adultas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou ainda em trânsito e que não tenham a intenção de permanecer em Volta Redonda por longos períodos. “Somente no primeiro semestre de 2017 atendemos 811 pessoas através do serviço do Centro POP e dessas, 558 são migrantes. Por isso, a necessidade da implementação de um serviço de Quarto de Passagem, pois a maioria dos usuários em situação de rua, atualmente no município, se enquadra neste critério da transitoriedade, e não no perfil para o acolhimento institucional”, explicou Maycon.

O serviço contará com uma equipe de quatro cuidadores plantonistas no horário de 12x36, para o turno da noite e um auxiliar de serviços gerais, 40h semanais. Para ter acesso ao serviço, o usuário deverá ser cadastrado, acompanhado e encaminhado pelo Centro Pop, e precisará ter ao menos um documento de identificação civil ou o registro de perda e extravio de documentos.  Uma vez acolhido do Quarto de Passagem, o usuário continuará em acompanhamento pelo Centro Pop, onde poderá fazer suas refeições diurnas, ter acesso ao serviço de lavagem de roupas e encaminhamentos para outros serviços da rede.

Em Volta Redonda, o serviço do Centro Pop funciona de segunda a sexta-feira - de 8h às 20h - e aos sábados de 8h às 14h. Volta Redonda é o único município que oferta este serviço com horário estendido, além dos finais de semana. Nos demais municípios da região e na própria cidade do Rio de Janeiro, o serviço do Centro Pop funciona apenas em horários comerciais.

Com a implementação deste projeto visamos reduzir o número de pessoas em situação de rua no município, ofertando novas possibilidades para que elas construam projetos de vida”, afirmou o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva.