English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, julho 25, 2017

Secretaria de Saúde de Volta Redonda promove capacitação para médicos


Expectativa é capacitar 70 médicos em quatro dias 
O investimento na capacitação dos profissionais de saúde do município é uma das prioridades da Prefeitura de Volta Redonda, que, por meio da Secretaria de Saúde, pretende capacitar todos os médicos que atendem nos hospitais municipais e nas UBS (Unidade Básica de Saúde) e UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família). Na tarde desta segunda, dia 24, teve início a “Capacitação para Implantação do Protocolo de hipertensão e diabéticos”. O curso, que aconteceu no UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda), será realizado até quinta-feira, dia 27.
O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, destacou que novas capacitações serão realizadas. “Estamos implantando uma nova metodologia na saúde de Volta Redonda, em prol de um atendimento com mais qualidade, atenção e humanização para a população. E o investimento na capacitação dos nossos profissionais médicos é primordial”, destacou Alfredo.        
 A palestrante desse primeiro dia de capacitação foi a cardiologista Thaís Barros Correa Ibañez, que também é coordenadora do Programa de Doenças Crônicas não-transmissíveis de Volta Redonda. Ela explicou a importância e o objetivo dessa nova metodologia. "Nós criamos o protocolo de hipertensão arterial com o objetivo de padronizar o atendimento em todas as unidades de saúde. Antes o paciente ia consultar e levava meses para fazer um exame. Com esse protocolo vai ser possível acompanhá-lo de forma mais regular e com isso agilizar as necessidades deles”, disse, acrescentando que após a capacitação de todos os médicos, serão realizadas visitas em todas as unidades para agilizar e tirar dúvidas sobre a implantação dos protocolos.
Cláudio Martins dos Santos é clínico e atende na UBS do Rústico e também na UBSF do Eucaliptal. "Essas capacitações são importantes para nós médicos, pois além da atualização que recebemos, percebemos que o governo está realmente preocupado com a saúde. Isso é bom para nós e também para a população”, disse.
Estudantes de medicina do UniFOA também foram convidados para participar da capacitação. A universitária Vivane Pontes Porto vai se formar em julho de 2019 e contou que ficou feliz com o convite. "Estamos fazendo internato na UBS do Eucaliptal, então para nós é importante passar por esta capacitação também, pois assim vamos vivenciando a realidade dos atendimentos. E a gente relembra o que já aprendemos também”, contou.