English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quinta-feira, agosto 03, 2017

Fevre realiza Oficina AnimaVR3D


Os cinco alunos com maior destaque serão selecionados para produzir o episódio piloto de uma série de animação infantil

Começou nesta quarta-feira, dia 02, e vai até novembro, a Oficina AnimaVR3D. O curso, que tem o apoio da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, com financiamento da Light, acontece no Campus Olezio Galotti, no UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda), no bairro Três Poços. As aulas são realizadas as segundas e quartas-feiras, de 14h às 17 horas, e vão até o dia 29 de novembro. O curso é gratuito e as vagas foram distribuídas entre estudantes do UniFOA e da rede pública de Volta Redonda. No final da oficina, os cinco alunos com maior destaque serão selecionados para produzir o episódio piloto do Projeto Eugen, uma série de animação infantil. Cerca de 300 projetos foram enviados à Secretaria de Estado de Cultura e apenas 80 foram aprovados, dentre eles o Projeto Eugen.
O objetivo da oficina, segundo o coordenador do AnimaVR3D, André Cruz, é desenvolver a identidade artística de cada um e formar animadores para desenvolver futuros projetos. “Nós acreditamos em Volta Redonda e aqui na cidade temos muitos diamantes brutos. Queremos lapidar estes diamantes e mantê-los por aqui. Não queremos que eles saiam do município, por isso a importância de criar projetos na nossa região”, disse o coordenador destacando que quer estimular a animação 3D em toda a região. “A importância do curso é de aproveitar estes futuros animadores para as profissões disponíveis na área”, ressaltou.
O prefeito Samuca Silva afirmou que o investimento em desenvolvimento econômico começa na Educação. “A base do nosso governo é fomentar o emprego e renda em nosso município. Quando investimos em cursos profissionalizantes, estamos oferecendo oportunidades”, comentou. 
O estudante do 2º ano do ensino médio do Colégio João XXIII, Júnior da Silva, de 18 anos, morador do Retiro, confessou que irá se dedicar muito para ficar entre os cinco melhores alunos. “Lembro que estava muito tenso quando fui fazer a entrevista de seleção, mas deu tudo certo. No último dia 27 chegou um e-mail dizendo que eu havia sido selecionado. Sempre gostei de escrever roteiros e, no futuro, pretendo trabalhar em um grande estúdio de animação”, contou.
A diretora pedagógica da Fevre, Cristina Roriz, parabenizou os alunos e destacou a importância do curso. “Os alunos irão aprender uma ferramenta profissional de animação e eles poderão aplicar os conceitos aprendidos nas mais diversas disciplinas, como artes, geometria, língua portuguesa, além da própria informática. Essa aplicação resulta num resultado muito rico e contextualizado”, concluiu.