English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, agosto 09, 2017

Saae garante investimento de mais de R$ 1,4 milhão em Volta Redonda


Bairros Três Poços e Açude serão os principais beneficiados

Após a constatação de que a rede de distribuição de água no município é antiga e precisa de reparos constantes, o Saae VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda) inicia processos licitatórios para realizar obras de melhorias na rede. A primeira grande licitação será realizada ainda este mês (agosto) e vai beneficiar os moradores do bairro Três Poços, que, atualmente, sofrem com falta d’água. “Principalmente em época de verão, quando o consumo de água é maior”, contou o diretor executivo da autarquia, José Geraldo Santos, o Zeca, explicando que hoje em dia a água que vai para o bairro, passa pela rede de distribuição da Água Limpa – o que causa eventuais desabastecimentos.
A obra, orçada em R$ 832 mil, vai levar a tubulação da rede diretamente para o bairro. São 2.927 metros de rede adutora de água potável ao longo da Avenida Paulo Erlei Alves Abrantes, no trecho compreendido entre a BR-393 e a Rua Votorantim. “Não teremos mais divisão de água com outro bairro, o que deve minimizar (e muito) o impacto da falta d’água. Posteriormente, temos a intenção de fazer naquela região um reservatório”, afirmou Zeca.
O bairro Açude vai receber 840 metros de recalque de água potável (que faz o bombeamento de água), que também vai proporcionar melhorias no abastecimento nos açudes 1, 2, 3 e 4. São mais R$ 590 mil em investimento. “A rede que atualmente abastece o bairro tem mais de 40 anos e já ficou subdirecionada. Vamos colocar uma rede com diâmetro maior, que tem o objetivo de eliminar o problema de falta d’água”, explicou o diretor executivo.  
As obras devem beneficiar mais de 18 mil pessoas e devem ter início ainda este ano.