English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, agosto 02, 2017

Volta Redonda terá 1º mercado público de produtos orgânicos do Rio de Janeiro


Parceria entre a prefeitura e Emater prevê assistência técnica
para produtores locais

Volta Redonda vai ter o primeiro mercado de produtos orgânicos do estado do Rio de Janeiro, que ficará na Praça da Chaminé, no bairro Aterrado. O projeto é uma parceria da Prefeitura de Volta Redonda com a Emater Rio (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio), através de um convênio assinado nesta quarta-feira, dia 02. Além do mercado, a Emater ainda dará assistência técnica aos produtores rurais do município. Para o prefeito Samuca Silva, a parceria vai gerar benefícios para Volta Redonda. “Uma das nossas bandeiras é a geração de empregos. Com essa parceria, conseguiremos mais empregos e aumentar a renda dos produtores rurais”, comentou Samuca.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, o local fixo vai ajudar na geração de empregos. “Os produtores familiares terão mais uma possibilidade para vender seus produtos, gerando assim renda e emprego. É um projeto inovador no estado do Rio”, salientou Joselito.
Joselan Antônio, supervisor regional do Emater Rio, afirmou que, a parceria assinada entre o órgão e a prefeitura de Volta Redonda, vai beneficiar produtores e consumidores. “Nós já mapeamos os produtores e os ajudaremos com recursos técnicos, o que vai beneficiar os consumidores, com um produto melhor. Já os produtores terão aumento nas vendas. Esse é o objetivo, promover um desenvolvimento socioeconômico”, explicou.
Nilton de Cássio Ramos é produtor de orgânico e celebrou a notícia da criação de um mercado para produtos orgânicos. “Esse sempre foi nosso objetivo”, comentou, ressaltando os benefícios: “O produto orgânico não tem agrotóxico, é sem veneno. Fico feliz em saber que produzimos alimentos saudáveis”, concluiu.