• CLIQUE PARA VISITAR O SITE DO RODRIGO DRABLE

  • CLIQUE PARA VISITAR O SITE DO MARCELO CABELEIREIRO

quarta-feira, agosto 24, 2016

Assinada Convenção Coletiva do Comércio de Barra Mansa




Foi assinada este mês a Convenção Coletiva do Comércio aplicável aos empregados da base territorial de Barra Mansa, pelo período de 01 de maio de 2016 a 30 de abril de 2018. A Convenção fixou os pisos de R$ 1.090,00 para vendedor, operador de caixa e balconista e R$ 1.050,00 para os demais empregados.

De acordo com o advogado do Sicomércio, Aloizio Perez, a Convenção é retroativa a maio de 2016. “As diferenças de maio, junho e julho, poderão ser pagas em duas parcelas. A primeira com o salário de agosto e a segunda com o salário de setembro”, informou Aloizio, acrescentando que o reajuste para quem ganha acima do piso será de 7%.

“Essa diferença também é retroativa a maio e pode ser paga da mesma forma, em duas parcelas”, disse. Os demais direitos estão inseridos na Convenção Coletiva do Comércio já divulgada para os contadores de Barra Mansa e que está disponível aos comerciantes na sede do sindicato, já que o site da entidade está em manutenção.

Convenção Coletiva para farmacêuticos

O Sicomércio passou a firmar Convenção Coletiva específica para os farmacêuticos de sua base territorial (Barra Mansa, Quatis e Rio Claro). A data base de reajuste para os farmacêuticos foi fixada em 01 de março, em instrumento firmado com o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Rio de Janeiro. O reajuste salarial ajustado foi de 10,33% sobre o salário de dezembro de 2015, respeitando o piso mínimo de R$ 2.620,00.

De acordo com o advogado do Sicomércio, Aloizio Perez, a convenção só se aplica aos farmacêuticos. “Os demais empregados da farmácia continuam sendo representados pelo Sindicato dos Empregados no Comércio, aos quais se aplica outra Convenção Coletiva, a comum”, informou. Além dos mencionados ajustes de natureza econômica, a Convenção Coletiva ainda prevê outros direitos e obrigações de interesse dois empregados e empregadores.

Clube do Vinho Altos Executivos acontece amanhã com palestra do vice-presidente de Marketing da Avon



O evento reúne presidentes, diretores e membros de conselho de multinacionais em uma noite de descontração com troca de experiências.


O esperado encontro entre os principais executivos do país chegou. Nesta quinta-feira, 25 de agosto, acontece o Clube do Vinho Altos Executivos 2016. O evento promovido pela LPM Global Relations reúne executivos de importantes corporações para trocar experiências, gerar canais estratégicos e buscar oportunidades de negócio, em um ambiente descontraído.
A partir das 19 horas de manhã, importantes nomes do mercado executivo nacional estarão no Espaço Oscar Freire discutindo as possibilidades de crescimento diante da crise. Em razão do momento enfrentado no país, a LPM Global Relations definiu como tema da edição deste ano do Clube do Vinho a crise na economia. Executivos que se destacam no último ano refletem com os convidados  o tema “Como crescer a empresa em momento de crise”.
Para uma verdadeira troca de experiências, a LPM convidou executivos que se destacam no mercado para palestrar sobre o tema do evento. Entre os palestrantes da noite está Ricardo Patrocínio vice-presidente Comercial e de  Marketing da Avon. Há 25 anos na empresa, Ricardo passou de estagiário em finanças a Vice-Presidente de Marketing, com passagem por vendas, planejamento estratégico, comunicações e funções apoiando a América Latina.Com uma carreira de tanto sucesso numa das empresas que mais cresce no segmento de beleza, Ricardo divide com os convidados estratégias para superar a crise e manter o crescimento da empresa. Além de Ricardo, palestram na noite do Clube do Vinho Sandra Vaz, vice-presidente Sales and Channels Brasil e América Latina da SAP, e Reginaldo Morikawa, diretor superintendente da Korin. Após as palestras, o momento de descontração, com coquetel e vinho, como não poderia deixar de ser.
Para a CEO da LPM Global Relations, Sandra Dias, o o Clube do Vinho Altos Executivos proporciona ao executivo a reflexão sobre as possibilidades de crescimento profissional ao mesmo tempo em que se diverte..
- As edições do Clube do Vinho são sempre um sucesso porque permite ao executivo gerar oportunidades de negócio, mesmo não estando em seu ambiente cotidiano de trabalho. Além disso, abordamos a crise enfrentada pelo pais sob a ótica de empresas    que mantiveram o crescimento.  – afirma Sandra.

LPM Global Relations
A LPM Global Relations, organizadora oficial do Clube do Vinho Altos Executivos, está há dez anos no mercado e é a primeira empresa de coaching do país. A assessoria estratégica, que teve início como LPM Partner, atua agora com uma nova marca, com o foco nas grandes empresas, presidentes, vice-presidentes e membros de conselhos de grandes corporações. O diferencial desta nova fase da empresa é criar um plano de desenvolvimento com assessoria padrão para altos executivos.
A LPM possui em sua cartela de clientes mais de 220 empresas assessoradas e a CEO da empresa, Sandra Dias, é Executive Coaching Master Internacional, Coaching de Performance Executive Credenciada pela BCI Londres e  Headhunter Internacional Leader Coaching.

terça-feira, agosto 23, 2016

'Netflix dos jogos'', PlayStation Now vai chegar aos PCs em breve, diz Sony

O PlayStation Now é um recurso interessantíssimo da Sony que permite que os jogadores joguem mais de 400 títulos de PlayStation 3 diretamente pelo PS4 e sem precisar adquirir os games. Funciona, basicamente, como uma “Netflix de jogos”. A novidade agora é que esse recurso também chegará aos PCs.
A ferramenta deve chegar ao mercado europeu “em breve” e será liberada nos Estados Unidos “logo em seguida”, conforme revela a Sony. Por enquanto não há previsão do serviço, que custa US$ 20 por mês nos Estados Unidos e US$ 45 pela assinatura trimestral, desembarcar por aqui.
Estrategicamente, a ideia de levar os jogos da geração passada aos computadores é brilhante, principalmente pelo fato de que a empresa consegue atingir um público que pode ser fiel à Microsoft e ao Xbox.
Além de estar trabalhando para que os jogadores de computador possam jogar “Uncharted 2: Among Thieves”, “The Last of Us”, “God of War”, entre outros, diretamente no PC, a Sony vai lançar um dispositivo USB que permite a conexão do DualShock 4, o controle do PlayStation 4, no PC por Bluetooth. O lançamento deverá acontecer já em setembro durante evento da Sony e o preço será de US$ 25.
Reprodução
Para quem mora fora do Brasil e está ansioso pela novidade, saiba que é preciso ter um computador um tanto potente para rodar os jogos. As configurações mínimas solicitam processador Intel Core i3 3,5 GHz ou AMD A10 3.8 GHz ou superior e 2 GB de memória RAM, além de conexão com internet de no mínimo 5 Mbps.
http://olhardigital.uol.com.br/games-e-consoles/noticia/-netflix-dos-jogos-playstation-now-vai-chegar-aos-pcs-em-breve-diz-sony/61485?cmpid=fb-uolnot

Hackers protestam contra limite da internet fixa e vazam dados da Claro

Hackers protestam contra limite da internet fixa e vazam dados da Claro

Um grupo de hackers vazou dados pessoais do presidente e de outros executivos da operadora de telefonia Claro. A ação foi um protesto contra as empresas que fornecem serviços de internet para que elas não adotem a prática de limitar a banda larga fixa, como já é feito com a internet móvel.
A ação, que faz parte de uma operação maior chamada "OpOperadoras", foi liderada pelo grupo hacker ASOR Hack Team que atua como uma célula do movimento ativista Anonymous. Foram revelados nas redes sociais, informações sobre o parentesco, número do CPF, data de nascimento, telefone e endereço de cinco pessoas que atuam na companhia.
Reprodução
Em contato com o Olhar Digital, a assessoria de imprensa da Claro informou que a empresa irá se posicionar sobre o assunto em breve. Iremos atualizar a nota assim que isso acontecer.
Essa não foi a primeira ação dos hackers da ASOR. Neste mesmo mês, eles já haviam atacado o site da construtora Cyrela e vazado e-mails pessoais de funcionários da companhia. Os invasores protestavam contra a construção de outro campo de golfe no Rio de Janeiro, projeto que, segundo os hackers, rendeu 10 milhões de lucro pagos com dinheiro público à construtora. 
http://olhardigital.uol.com.br/fique_seguro/noticia/hackers-protestam-contra-limite-da-internet-fixa-e-vazam-dados-da-claro/61479?cmpid=fb-uolnot

SEMINÁRIO EM COMEMORAÇÃO DOS 10 ANOS DA LEI MARIA DA PENHA

O Governo Municipal de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal 
de Políticas Públicas para Mulheres, tem o prazer de convidá-la (o) 
para o SEMINÁRIO EM COMEMORAÇÃO DOS 10 ANOS DA LEI MARIA DA PENHA.

Data: 30/08/2016
Horário: 13h30
Local: Auditório da Prefeitura Municipal de Volta Redonda (Praça Sávio 
Gama, nº 53  - Aterrado)

Convidadas:
- Dra. Lúcia Iloizio B. Bastos
  Promotora de Justiça e Coordenadora do Centro de Apoio Operacional 
das Promotorias de Justiça de Violência Doméstica contra a Mulher - MPRJ

- Dra. Maria Madalena Carnevale Alves Tomelin
  Delegada da DEAM/VR - Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher

- Adriana Valle Mota
  Socióloga

Parceria entre DASH GAMES e Univates visa incentivar desenvolvimento e empreendedorismo no CRIExp



O campus da Univates recebe de 6 a 8 de outubro o DASH GAMES, evento que chega a Lajeado por meio de uma parceira entre a Associação de Desenvolvedores e Jogos Digitais do Rio Grande do Sul - ADjogosRS e a Univates, promotora do CRIExp, evento que ocorre na mesma data e local, e tem como objetivo atingir o setor de inovação e empreendedorismo.

Promovido pela ADjogoRS, o DASH GAMES está em sua segunda edição e veio ao encontro do espírito de incentivo ao desenvolvimento do CRIExp. "Achamos interessante fomentar o crescimento dos desenvolvedores do interior", destaca o Presidente da ADjogosRS, Carlos Idiart. A Associação possui empresas de municípios como Santa Maria, Passo Fundo e Pelotas e que são importantes dentro do cenário estadual. "Queremos espalhar isso e transformar o Rio Grande do Sul todo com o mesmo desenvolvimento ou, ao menos, incentivar esse desenvolvimento", disse Carlos. Ele destaca que as empresas associadas à ADjogoRS são pequenas, mas com um pessoal que possui perfil empreendedor e por isso será uma boa parceria. Outro aspecto importante é a estrutura oferecida pela Univates, que chamou a atenção dos organizadores do DASH GAMES.

"A Univates é uma instituição comunitária e em sua trajetória está o engajamento com o desenvolvimento social, econômico e cultural do Vale do Taquari. Fomentar a criatividade, inovação e empreendedorismo está no DNA de nossa instituição. E, sediar o Dash Games é uma oportunidade de trocas, experimentação e desenvolvimento de uma área que atrai nossos acadêmicos. Estar próximos de grandes nomes do desenvolvimento é uma grande oportunidade", comenta Mouriac Diemer, coordenador do CRIExp.

Sobre o CRIExp - Um dos maiores eventos do Sul do país, começa a tomar corpo com a confirmação de grandes palestrantes. A participação de grandes nomes do Vale do Silício, celeiro de grandes talentos do empreendedorismo, também está confirmada. Justin Wilcox, fundador da Customer Dev Labs e da Focus Framework, voltadas a praticar os princípios do customer development e lean startup em startups e comunidades ao redor do mundo, é um dos principais palestrantes do evento. O CRIExp também trará Henrik Scheel, fundador da Startup Experience, que realiza programas para o desenvolvimento do empreendedorismo. A programação será composta ainda por palestras de Martha Gabriel, Clemente Nóbrega, Carlos Hilsdorf, Tiago Mattos, Fábio Nunes, João Kepler e Marcos Piangers, entre outros. Também haverá oficinas e dois  eventos paralelos já confirmados: o Dash games e o Desafio Hospital Bruno Born/Sebrae. O CRIExp terá ainda show, espaço para food trucks e alojamento.

Sobre o DASH GAMES - Promovido pela Associação de Desenvolvedores e Jogos Digitais do Rio Grande do Sul - ADjogosRS, entidade gestora do Arranjo Produtivo Local de Jogos Digitais RS - APL Games RS, o DASH GAMES acontece em três dias dedicados a palestras, workshops, gamejam, playtests e matchmaking (rodada de negócios), com publishers e investidores nacionais e internacionais. O evento está em sua segunda edição e visa criar novas oportunidades de negócios, incentivando o crescimento da indústria de games. Além de convidados internacionais, irão participar representantes de outras associações estaduais de games no Brasil e imprensa especializada. https://www.facebook.com/DashGames

Inscrições abertas para CRIExp e DASH
As inscrições e programação estão disponíveis em www.criexp.com.br. O CRIExp é voltado a todos os estudantes da Univates e de outras instituições de ensino, alunos da educação básica, startups, empreendedores e interessados no assunto.

NOTA OFICIAL DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS

NOTA OFICIAL DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS

CSN chamou o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense para uma nova rodada de negociação. O encontro será nesta quinta-feira, dia 25, às 9h, no antigo escritório central da empresa. “A diretoria estará lá em peso e espera que desta vez a empresa apresente alguma proposta que possa ser levada à votação. Isso quer dizer que não vai aceitar retirar nenhum direito dos metalúrgicos”, disse Silvio Campos, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense.

segunda-feira, agosto 22, 2016

Doações Rio 2016: Um Legado dos Jogos



Para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 (“Jogos”) o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 (“Rio 2016”) adquiriu milhares de itens, de materiais de escritório até móveis, equipamentos de informática e de esporte. Preocupado com o ciclo de vida desses itens e buscando potencializar o legado dos Jogos, o Rio 2016 lança o Portal de Doações, plataforma online onde serão divulgados aqueles produtos e materiais utilizados durante os Jogos e que serão disponibilizados para doação.

Para determinar as entidades aptas a receber as doações, o Rio 2016 obedeceu ao determinado em três normas: na Lei Federal nº 12.780/2013 que dispõe sobre medidas tributárias referentes à realização dos Jogos, na Lei n. 6.423/2013, do Estado do Rio de Janeiro, que trata de imposto de transmissões e doações e no Convênio ICMS n. 133/08, que autoriza os Estados a conceder isenções de imposto sobre circulação de mercadorias e serviços.

Abaixo, estão descritas quais as pessoas jurídicas que podem se habilitar segundo essas três normas:

Pessoas jurídicas de direito público que façam parte da Administração Direta (Ex: União, prefeituras, secretarias estaduais e municipais) ou da Administração Indireta (algumas universidades - aquelas que tiverem se constituído sob a forma de pessoa jurídica de direito público - autarquias, fundações de direito público, dentre outras);
Entidades desportivas ou entidades nacionais ou regionais de administração do desporto olímpico (Ex; Comitê Olímpico Brasileiro, Comitê Paralímpico Brasileiro, federações de esporte, dentre outras);
Associações privadas sem fins lucrativos, com objetos sociais vinculados à prática do esporte, à assistência social, ao desenvolvimento social, à proteção ambiental ou à assistência da criança e do adolescente.



MAIORES INFORMAÇÕES: https://portaldesuprimentos.rio2016.com/portal-de-doacoes-rio2016/

Sinduscon-SF realizará Dia Nacional da Construção Social



Evento acontece no sábado e terá diversas atrações gratuitas no Colégio Manuel Marinho em Volta Redonda

Com o tema “Trabalho, o caminho para o sucesso - #ValoresConstroem”, o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Sul Fluminense (Sinduscon-SF) vai realizar no sábado, dia 27, o Dia Nacional da Construção Social. O evento acontecerá no Colégio Estadual Manuel Marinho, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, das 10 às 16 horas. Para participar, os trabalhadores precisam fazer a inscrição antecipadamente no RH da empresa.

O Dia Nacional é uma parceria com a CBIC (Confederação Brasileira da Indústria da Construção) e ocorrerá simultaneamente em outros 32 municípios do país. “A ideia do evento é focar no bem estar dos nossos colaboradores, construir uma nova geração de trabalhadores e mostrá-la o caminho para iniciar sua trajetória vitória”, explica Mauro Campos.

Quem for participar do evento terá a oportunidade de cuidar da saúde com a avaliação da massa corporal; aferição da pressão arterial; orientação nutricional; acuidade visual; escovódromo e combate ao tabagismo. O Dia Nacional da Construção Civil também oferecerá corte de cabelo; designer de barba e cabelo; designer de sobrancelhas; limpeza de pele; maquiagem; emissão de CPF; SPC Brasil; Amigos dos Bichos e Quiz-Segurança do Trabalho.

Junto a isso, o evento terá a distribuição de brindes como TV, tabletes; bicicletas e ventiladores. E mais: quem quiser participar de oficinas, terá a “Cozinha Brasil”; “Mulheres de Lenço” e “Eco Ideias-Cantinho Ecológico”. A diversão também está garantida: brinquedos, bingo, cabine fotográfica, apresentação musical, esporte e lazer, além de alimentação. Tudo gratuito.
- É a primeira vez que vamos realizar o Dia Nacional da Construção Social em Volta Redonda.  O evento é para integrar os funcionários e familiares, num sábado repleto de atrações gratuitas a eles – finaliza Mauro Campos.
_________________

Serviço:

O que: Dia Nacional da Construção Social

Quando: Sábado, dia 27, das 10 às 16 horas.

Onde: no Colégio Estadual Manuel Marinho, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda.

Quem: Para participar, os trabalhadores têm que fazer a inscrição antecipada no RH de sua empresa.

Orquestra de Cordas de Volta Redonda participa do 22º Rio International Cello Encounter

A Orquestra de Cordas de Volta Redonda, do projeto Volta Redonda Cidade da Música, fará um concerto especial no sábado (dia 27), às 19h30, no Cine 9 de Abril. A apresentação faz parte do 22º Rio International Cello Encounter – Festival Internacional de Violoncelos, que acontece na cidade do Rio de Janeiro e em três municípios do Estado, de 25 de agosto a 5 de setembro.  A regência do espetáculo será da maestrina Sarah Higino e terá a participação de solistas nacionais e internacionais. Vão se apresentar junto com os alunos do projeto os solistas David Chew (Inglaterra), que é o diretor geral do Festival, além dos americanos Hans Twitchell e David Haughey, e o argentino Tito Carterchini, com destaque para as alunas que são monitoras do projeto, Mariana Pimenta e Luanda Maia.
        No programa estão obras de Bach, Vivaldi, Vaughan Williams, Carlos Gomes, Piazzola, entre outros, segundo explicou a regente, acrescentando que a entrada é franca e por isso não haverá a distribuição de ingressos. “Pedimos a compreensão para que dentro do horário todos já estejam acomodados para iniciarmos o concerto de acordo com a programação”, disse Sarah.  A maestrina explicou ainda que mais dois eventos estão dentro da programação do Festival Internacional em Volta Redonda e serão realizados na sede do Projeto Cidade da Música, na Avenida Graham Bell, nº 89, no bairro Vila Mury.
        “Os alunos do Cidade da Música participarão de materclasses com os solistas convidados nos dias 25, 26 e 27 e na quinta-feira (dia 25), às 19h30, acontece o Recital: Quarteto Lindarte. Esta apresentação terá a participação da pianista Linda Bustani e os músicos brasileiros Michel Bessler  e Bernardo Fantini, além do inglês David Chew”, afirmou.
        “A apresentação do Cine 9 de Abril é considerada especial, pois será uma grande oportunidade do público assistir um espetáculo com padrão internacional.  Além dos solistas renomados, nós destacamos os alunos do projeto, que estão motivados. O Cello Encounter é sempre um grande aprendizado para todos nós e estamos orgulhosos em participar do Festival”, disse a maestrina, destacando que o ensino da música é levado a mais de 4 mil alunos das escolas municipais de Volta Redonda.
        Cello Encounter – O Rio Cello foi criado em 1994 pelo violoncelista inglês e condecorado pela Rainha da Inglaterra, radicado no Brasil, David Chew.  Completa 22 anos de luta e história com muitas novidades e sempre gratuitas. “A cada ano conseguimos atingir um público maior e mais diversificado e estar presente em comunidades diversas, onde acreditamos poder mudar através da educação musical a vida destas crianças”, disse o violoncelista.
        O Cello Encounter fará apresentações e workshops gratuitos em diversos pontos da capital do Rio de Janeiro, além de Cabo Frio, Volta Redonda, Barra Mansa e Fortaleza, sempre tendo o “Cello” como personagem principal. “Desde sua 1ª edição, em 1994, o Rio Cello já promoveu mais de 700 apresentações e 600 horas de workshops, reunindo cerca de 6000 músicos, 600 estudantes e jovens músicos para um público estimado de 350 mil pessoas”, completa Chew.
        Cidade da Música - O projeto Volta Redonda Cidade da Música, fundado pelo maestro Nicolau Martins de Oliveira, tem o apoio da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda) e SME (Secretaria Municipal de Educação), atendendo cerca de 4 mil estudantes nas escolas públicas do município.

Mostra de Artes do Capd está aberta para visitação no Espaço Zélia Arbex

Pais, amigos e usuários do Centro Dia de Atendimento à Pessoa com Deficiência (Capd) lotaram o Espaço das Artes Zélia Arbex na noite desta quinta-feira (dia 18), para acompanhar a cerimônia de abertura da XI Mostra de Artes da unidade pertencente à Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac).  A exposição, que conta com 110 peças de trabalhos em mosaicos, pinturas, bordados, quadros de revistas e jornais e cerâmicas, poderá ser visitada, com entrada franca, até 18 de setembro. As artes foram produzidas pelos 140 usuários do Capd durante as oficinas que começaram em janeiro deste ano, segundo explicou a instrutora de mosaico, Ila Carneiro.

       “A produção das peças da exposição é um trabalho de equipe onde todos participam, seja no início da produção ou nos acabamentos”, disse a instrutora, acrescentando que os trabalhos foram inspirados nas obras de Christian Schloe, artista austríaco que magistralmente combina pintura, ilustração, fotografia e arte digital, e nas obras do artista brasileiro Romero Britto. “Também são apresentadas peças com canudo de revista e quadros com bordados”, afirmou, dizendo que estava feliz com o resultado da exposição. “Todos os trabalhos foram preparados com muito cuidado e carinho”, destacou.   

       A diretora do Capd, Beth Melo, disse que a intenção da produção das peças nas oficinas é aumentar a autoestima dos usuários no dia a dia deles.  “As obras de arte são o fruto do trabalho com o usuário para desenvolver a autonomia e independência. Eles ficam motivados e orgulhosos do trabalho ser concluído e apresentado para a população nesta mostra, que simboliza uma vitória para todos nós”, disse Beth, frisando que os visitantes poderão comprar as peças da exposição que devem ser reservadas e retiradas no Capd após o término da mostra. “O dinheiro arrecadado com as vendas das obras será revertido aos usuários, através de atividades festivas e passeios no encerramento do ano”, explicou.

       O comerciário Ismael Machado, pai do usuário Igor, lembrou que seu filho, que tem Síndrome de Down, frequenta o Capd há seis anos e que ele se adapta bem à unidade. “A convivência com os outros usuários é importante para ele. Ele vai para o Capd às terças e quintas-feiras e diz que vai “trabalhar” e volta de lá muito feliz e conta para nós tudo que acontece. Sei que ali ele está bem resguardado”, disse o pai, encantado com a exposição e fotografando todo o evento. Já a aposentada Maria das Mercês Pereira Silva, cujo filho Alexsandro frequenta a unidade há três anos, disse que ele faz questão de não faltar ao Capd. “Ele fez amizades e isso ajuda muito no desenvolvimento dele”, disse, frisando que ficou encantada com a mostra. “Fico orgulhosa em saber que aqui tem a participação do meu filho”, afirmou.

       Ao discursar na cerimônia, o secretário de Ação Comunitária, Munir Francisco, ressaltou que o trabalho do Capd é “incomparável” e todos os funcionários da unidade são dedicados ao projeto. “O Capd é um grande orgulho para a cidade e este projeto soma as inúmeras ações que fizemos na cidade para que Volta Redonda fosse reconhecida como o sexto município do País, como referência em trabalhos sociais”, disse o secretário, que aproveitou para agradecer aos pais por acreditarem no trabalho do Capd.
      
       Para o prefeito Antônio Francisco Neto, que estava acompanhado de sua mãe, Dona Munira, o trabalho do Capd merece o reconhecimento da população. “Este Centro Dia é um exemplo para a cidade, pois aqui, além das atividades que proporcionamos aos usuários, nós garantimos a cidadania de todos eles”, disse o prefeito, frisando que o apoio ao órgão é uma das prioridades de seu governo. “Parabéns a todos os funcionários pela dedicação e aos pais que nos dão a oportunidade de melhorar o dia a dia de seus filhos”, completou Neto.
      
       Também estiveram na cerimônia o deputado federal Deley de Oliveira, a diretora do Departamento de Proteção Especial da Smac, Denise Alves, o chefe de gabinete da Smac, Israel Carlos da Silva, o diretor do Hospital São João Batista, Sebastião Faria e funcionários do Capd, que foram citados pelo cerimonial.  A visita à exposição pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h e aos sábados e domingos, das 10h às 17h, no Espaço das Artes Zélia Arbex, localizado no térreo do Memorial Getúlio Vargas, na Vila Santa Cecília.

Projeto De Olho no Céu da Fevre abre Centro de Observação Astronômica ao público na próxima quarta (dia 24)

A Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda) está realizando uma série de atividades ligadas à Astronomia neste mês de agosto, como parte do projeto Fevre De OIho no Céu: na próxima quarta-feira (dia 24), às 19h, o Centro de Observação Astronômica da Fevre estará aberto ao público para visitação, oferecendo 30 vagas – agendadas por telefone – e no dia 30, a fundação, em parceria com o o IFRJ (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro - Campus Volta Redonda), realiza o projeto Astronomia na Praça, no Ginásio Poliesportivo Amaro Inácio, no bairro Retiro.
        Para a visitação ao Centro de Observação Astronômica, localizado no Colégio Getúlio Vargas, no bairro Laranjal, na quarta-feira (dia 24), é necessário fazer o agendamento pelo telefone 3350-7557 - ramal 232 - até o dia 22 de agosto. São oferecidas 30 vagas, e a realização do evento estará sujeita às condições climáticas.
        Segundo o presidente da Fevre, José Luiz de Sá, o projeto De Olho no Céu inclui ainda palestras e demonstração com software de Astronomia, além de observação utilizando o telescópio do Centro de Observação Astronômica, localizado no Colégio Getúlio Vargas, bairro Laranjal.
        PRAÇA – No dia 30 de agosto, de 9h às 19h, será realizado no Ginásio Poliesportivo Amaro Inácio, que fica na Av. Antônio de Almeida, nº 331, no bairro Retiro, o projeto Astronomia na Praça, uma parceria com o IFRJ (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro - Campus Volta Redonda). O projeto á Berto ao público em geral e também receberá grupos de estudantes, previamente agendados.
        Um planetário inflável será montado na praça ao lado do ginásio, e os interessados poderão usar um telescópio com filtro solar para observação durante o dia. Professores da Fevre e do IFRJ estarão na praça para auxiliar o público e estudantes em geral.
        “O projeto foi pensado de forma a proporcionar aos visitantes uma aula pública e dinâmica sobre o Universo, utilizando-se de recursos como telescópio eletrônico com filtros para observação diurna e um planetário inflável que é montado no local, com apresentações repletas de informações fascinantes sobre a Astronomia”, afirmou José Luiz de Sá.


Johnes Hebert tem 4 Milhões de acessos no Google Plus

No Google Plus hoje temos mais de 4 milhões de visualizações e só tenho a agradecer a todos que nos campanha sendo SEGUIDOR no Facebook, sendo amigo, através do blog www.juventudebm.com ou através dos grupos do WhatsApp e tantas outras redes sociais.

Muito obrigado a todos por nos dar a oportunidade de mostrar nosso trabalho, de divulgar as diversas chances de qualificação profissional gratuita e vagas de emprego na região.

A juventude merece esta oportunidade e juntos estamos conseguindo mate-los informados com o melhor conteúdo.
www.juventudebm.com
Coordenação: Johnes Hebert

2 em 3 alunos de universidades federais são das classes D e E

O total de estudantes das classes D e E em universidades federais brasileiras aumentou entre 2010 e 2014, segundo pesquisa feita pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). O trabalho indica que dois terços dos alunos (66,19%) vêm de famílias cuja renda não ultrapassa 1,5 salário mínimo per capita (R$ 1.320). Em 2010, eram 44%.
Quando se analisa os dados brutos de renda, a tendência se repete. O porcentual de estudantes nas universidades federais brasileiras com renda familiar bruta de até três salários mínimos (R$ 2.640) saltou de 40,66% para 51,43%. Já a participação de estudantes de famílias cuja renda bruta está entre nove e dez salários mínimos (R$ 7.920 a R$ 8.800) caiu no mesmo período de 6,57% para 2,96%. Os alunos de famílias com renda bruta acima de dez salários mínimos também estão agora em menor porcentual. Em 2010, eles representavam 16,72% dos estudantes nas federais. Agora, são 10,6%.
Além da maior presença de estudantes de classes econômicas menos privilegiadas, o estudo identificou um aumento da participação de alunos autodeclarados pretos e pardos. Eles representam 47,57% dos entrevistados. Em 1997, 2,2% dos pardos e 1,8% dos negros entre 18 e 24 anos cursavam ou já haviam concluído um curso de graduação no País.
“O mito de que a universidade federal é para elite está sendo destruído”, resumiu a presidente da Andifes, Ângela Paiva Cruz, ao anunciar os dados. Para ela, a pesquisa deixa claro que a universidade está mais acessível e inclusiva. “Para se ter uma ideia, 65,34% dos alunos têm uma formação superior a que é apresentada por suas mães”, completa.
Embora os números apontados sejam animadores, afirma Ângela, há muito mais a ser feito. O Brasil está longe da meta de ter 34% dos jovens no ensino superior. Atualmente, 17% dessa população está na faculdade. “Uma educação elitista é aquela em que apenas 15% dos jovens cursam ensino superior. Estamos pouco acima disso”, afirmou o vice-presidente da Andifes, Orlando Amaral. 
Ângela disse ser necessário o reforço de políticas para dar continuidade à democratização do acesso e, sobretudo, garantias de assistência aos estudantes. 

Saiba quais são as 10 melhores universidades do Brics (e veja a posição das instituições brasileiras) 

Trabalho. O trabalho mostra, por exemplo, que 35,9% dos estudantes têm uma jornada de trabalho de 20 horas semanais. Dos entrevistados, 45,72% disseram não ter mais do que cinco horas extras para estudo e 42% avaliaram que a dificuldade financeira atrapalha o desempenho acadêmico.
Felipe Alencar, de 24 anos, cursa o último ano de Pedagogia na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e se disse aliviado por estar na reta final diante de tantas dificuldades para concluí-lo. Ele estuda no câmpus de Guarulhos e mora no extremo sul da capital. “Atravesso São Paulo todos os dias para estudar, depois de ter trabalhado. Porque se eu não tivesse emprego, não conseguiria ter me mantido na universidade.”
Filho de um operário e uma comerciante, Alencar recebeu durante quase todo o curso uma bolsa de cerca de R$ 500 da universidade, mas precisava do emprego e da ajuda dos pais para conseguir custear livros, alimentação e transporte. “É um valor muito baixo de auxílio, a maioria dos meus colegas também trabalha ou desistiu de estudar porque não deu conta de conciliar.” 
A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis da Unifesp informou que oferece auxílios para 13% de seus quase 10 mil alunos, de acordo com o grau de vulnerabilidade socioeconômico, que variam de R$ 160 a R$ 746. Os valores não são reajustados desde 2010 porque, segundo a Unifesp, se houvesse aumento, não seria possível atender todos os estudantes que hoje recebem o benefício da universidade.
Para o pagamento das bolsas, a universidade recebe recursos do governo federal pelo Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Neste ano, com orçamento previsto de R$ 8,5 milhões, a Unifesp enfrentou atraso no pagamento e recebeu até agora apenas 80% do recurso. Além das bolsas, o recurso também serve para subsidiar os restaurantes universitários e outros auxílios. 
A presidente da Andifes afirma haver um “temor” entre dirigentes das instituições federais de um retrocesso, sobretudo em virtude da crise econômica. 
O Ministério da Educação (MEC) informou que, para o próximo ano, a previsão orçamentária para o PNAES deve ser de R$ 991,45 milhões - 1,5% maior do que neste ano. Disse ainda atender 15 mil estudantes em todo o País com uma bolsa de R$ 400 - ou R$ 900 para indígenas e quilombolas.http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,2-em-3-alunos-de-universidades-federais-sao-das-classes-d-e-e,10000070529