domingo, abril 23, 2017

RosacruzAurea: Palestra Pública em Volta Redonda: A Inteligência do Coração

Palestra Pública em Volta Redonda

Tema: A Inteligência do Coração
Terça-feira 25/04 às 19h30min

A Palestra é pública e aberta a todos os interessados.
Mapa: goo.gl/26xDEo

Rua 24, nº279, Tangerinal, em frente ao Colégio Batista Americano.
ABO-VR Associação Brasileira de Odontologia
Informações: 21 98872-0395 WhatsApp
www.facebook.com/RosacruzAurea

Barra Mansa terá uma nova empresa de coleta de resíduos sólidos a partir de amanhã: a Arbor

A Prefeitura informou na tarde de hoje que o município terá uma nova empresa de coleta de resíduos sólidos a partir de amanhã: a Arbor. A mudança, segundo o governo municipal, tem em vista o término do contrato da empresa Green Life.

O Diretor Executivo do Saae, Rodrigo Lopes Gonçalves, explicou que o contrato com a atual empresa sofreria um reajuste a partir do próximo mês, passando para R$ 203,00, sendo que o valor de mercado é R$ 152,00. “Hoje, no município, são recolhidas cerca de 3 mil toneladas de lixo orgânico por mês. Considerando o valor proposto pela empresa que está de saída, o município teria um gasto fixo de aproximadamente R$ 610 mil”, disse.

Com a nova empresa, o valor gasto por mês será em torno de  R$ 411 mil, ou seja, uma economia próxima de R$200 mil. “O valor que vamos pagar está abaixo do que é praticado no mercado. Seguindo as diretrizes do Prefeito Rodrigo Drable, prezamos pela economia e pela transparência do processo. Convidamos aproximadamente 20 empresas para apresentarem propostas e a Arbor foi a que sugeriu o menor preço, R$137,00”, destacou Rodrigo.

O Saae informou que, as rotas e horários de coleta serão mantidos, que fiscalizará a nova empresa para melhoria contínua dos serviços e que a mão de obra envolvida, é quase 100% composta por de moradores de Barra Mansa. http://avozdacidade.com/site/noticias/cidades/58095/

Palestra com o tema "Como alcançar seus OBEJTIVOS E METAS ainda neste ano".

A Safety Business Treinamento e Consultoria tem o prazer de convidar a todos para a palestra com o tema "Como alcançar seus OBEJTIVOS E METAS ainda neste ano".

Neste encontro, você aprenderá com nossos consultores ferramentas coaching que farão você alcançar o SUCESSO profissional e pessoal que tanto almeja de maneira mais eficiente e eficaz.

Neste encontro, você aprenderá a lidar com diversos fatores que limitam o seu crescimento de maneira prática e iniciar um novo ciclo em sua vida,


- Entendendo nosso estado atual;

-Três Armadilhas que nos atrapalham;

- Autossabotagem;

- Procrastinação;

- Crenças Limitante;

- Como fazer diferente

- O Pulo do Gato

- Bônus


Você não pode perder essa oportunidade de aprender e ainda ajudar a menina Camily em seu tratamento, doando 2 kilos de alimentos não perecivéis.


Esperamos por vocês!

28 de abril: greve geral e povo nas ruas contra reformas

Manobra na Câmara para apressar Reforma Trabalhista e dificuldades do governo em aprovar Reforma da Previdência mostram força e importância da mobilização popular

28a
A próxima sexta-feira, 28 de abril, é data para grande mobilização popular contra os retrocessos do governo Temer, com previsão de paralisação de várias categorias, inclusive de transporte, e atos em todas as regiões do Brasil. Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, das quais a UBES faz parte, junto com o Fórum das Centrais Sindicais, convocam para as manifestações.
“A greve é para todos que se preocupam com o País e com o seu futuro. Nós, jovens, não podemos só conseguir entrar na faculdade e um emprego. Precisamos pensar mais longe”, afirma Camila Lanes, presidenta da entidade dos secundaristas.
Com apenas 10% de aprovação, o governo Temer se esforça para aprovar leis de interesse do empresariado e do sistema financeiro, como a reforma trabalhista e previdenciária.

Eu quero me aposentar

O movimento do dia 28 é continuação da greve geral de 15 de março, que foi importante para diminuir o apoio de parlamentares à Reforma da Previdência. Esta lei, que pode retirar o direito de muitos brasileiros à aposentadoria, acabou um pouco modificada após a pressão popular no relatório apresentado esta semana, mas continua ameaçando o direito.
“O esforço que o governo tem feito para tentar aprovar a reforma prova que a juventude e os trabalhadores entenderam o quão retrógrada ela é. Mas também que precisamos continuar mobilizados e fazer grandes atos e paralisações na sexta”, diz Jéssica Lawane, diretora de Movimentos Sociais da UBES.
Um estudo da Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais) e do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)mostra que o “rombo” anunciado nas contas, como justificativa para as mudanças, não é verdadeiro. “Desde 1989 não se contabiliza a parte do governo como fonte de receita da Previdência. Ao fazer isso, a União nega que a Previdência faça parte da Seguridade Social, em confronto com os artigos 194 e 195 da Constituição”, explica o economista Eduardo Fagnani, um dos organizadores do estudo.

Contra o desmonte das leis trabalhistas

Assim como a terceirização, que pode criar postos de trabalho sem benefícios nem estabilidade e foi colocada da noite para o dia na Câmara dos Deputados, a Reforma Trabalhista será votada a toque de caixa pelos parlamentares.
Isto porque, na última quarta (19), os governistas votaram para colocar a lei em regime de urgência, mesmo depois de ter perdido esta votação na véspera.
“A manobra, feita aos moldes do [ex-presidente da Câmara] Eduardo Cunha, mostra que eles têm muito a temer em Brasília, e estão com medo da greve geral”, afirma Fabíola Loguercio, diretora de Comunicação da UBES. Ela completa: “Se acham que esta manobra na Câmara pode diminuir nossa mobilização, estão muito enganados. O povo brasileiro vai ocupar as ruas com muito mais força e garra”.
Reveja mobilização popular de 2017:
Entenda:

UNE convoca estudantes para esquenta nacional da Educação no dia 25 de abril

No próximo dia 25 de abril, terça-feira, a UNE prepara um dia de esquenta da Educação para a greve geral que vai acontecer no dia 28 de abril, em que trabalhadores e movimentos sociais de todo o país devem paralisar.

A UNE convida estudantes de todo o Brasil a no dia 25 organizarem assembleias, trancaços, aulas públicas, debates, panfletagens e passagens em sala para conscientizar sobre os retrocessos que o governo ilegítimo de Michel Temer quer impor sobre a educação brasileira, como a cobrança de mensalidade nas universidades públicas; o fim da isenção fiscal das universidades filantrópicas que vai acabar com milhares de bolsas de estudo do Programa Universidade Para Todos (ProUni); e o fim do Ciências Sem Fronteiras.
O dia de luta deve também esclarecer sobre o tema da greve geral, a Reforma da Previdência em trâmite no Congresso Nacional e o projeto de Terceirização aprovado que só vai aumentar a desigualdade social, precarizando ainda mais a vida de sete em cada dez brasileiros, principalmente os mais pobres, mulheres e trabalhadores rurais.

“Queremos restabelecer o sentimento de unidade dos estudantes contra a retirada de direitos, assim como foi a luta contra o golpe e contra a PEC 55 em comitês unitários, amplos, envolvendo todos os setores da universidade nessa luta”, destacou a presidenta da UNE, Carina Vitral.

Baixe aqui o material para mobilizar na sua universidade: 


sexta-feira, abril 21, 2017

GREVE GERAL DIA 28 DE ABRIL DE 2017 !





Mutirão da saúde completa dois meses em Volta Redonda com números recordes

Mais de oito mil pessoas atendidas em sessenta dias

Em dois meses, o Mutirão, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde de Volta Redonda, atendeu mais de 8.000 pessoas.  São 75,4% da demanda reprimida. Até dezembro do ano passado, 11 mil pessoas aguardavam na fila, consultas e atendimentos. Algumas esperavam há mais de dois anos.

A partir de uma orientação do Prefeito Samuca Silva, a secretaria de Saúde deu início ao Mutirão no dia 13 de fevereiro. Uma equipe médica se reveza em plantões pela manhã, tarde e noite, a fim de zerar essa demanda reprimida. Neste período novos médicos também foram contratados, visando agilizar ainda mais o atendimento à população.

"A saúde da população é uma prioridade, por isso, investimos na contratação de novos médicos e implantamos horários de atendimento no período da noite para facilitar à todos", disse a secretária de Saúde de Volta Redonda, Márcia Cury.

As consultas acontecem na Policlínica da Cidadania, localizada no Estádio Raulino de Oliveira. Até o dia 18 de abril, já foram registradas 8.298 pessoas atendidas:

*Alergista......................375          (demanda zerada)
*Gastro.........................925          (demanda zerada)
*Oftalmo.......................2.640
*Urologista....................817
*Ortopedista.................3.450
*Biópsia de tireóide......91

Para o prefeito Samuca Silva, as equipes da Saúde estão de parabéns e a expectativa agora é zerar toda a demanda reprimida ainda no primeiro semestre. "Nosso objetivo é acabar com a demanda reprimida e vamos conseguir. A saúde não pode esperar, por isso defini como uma das prioridades desse governo. Já estamos em quase 80%. Muito em breve quero anunciar que já atingimos 100%. E mais um detalhe. Os atendimentos normais do dia a dia continuam.", finalizou Samuca Silva.

Prefeito Samuca Silva propôs integração entre as forças policiais e a Guarda Municipal


VOLTA REDONDA DISCUTE SEGURANÇA PUBLICA
Prefeito Samuca Silva propôs integração entre as forças policiais e a Guarda Municipal

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se reuniu com representantes de forças de Segurança Pública na tarde desta quinta-feira, dia 20. O encontro, que aconteceu no gabinete, foi para tratar de ações conjuntas para diminuir o número de furtos e roubos no comércio e residências da cidade. Participaram do encontro representantes das Polícias Federal, Militar, Civil e Rodoviária Federal, além da Guarda Municipal e representantes de entidades empresarias.
“Quando damos as mãos, nos unimos e dividimos as responsabilidades. O trabalho fica mais eficiente na Segurança Pública. Eu sou muito cobrado nas ruas por conta da segurança na cidade. Sabemos que é de responsabilidade do estado, mas não podemos ser omissos”, afirmou Samuca Silva.   
Na reunião, saíram algumas propostas: a primeira é uma parceria entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar para aumentar o números de rondas nos cinco principais centros comerciais da cidade (Amaral Peixoto, Aterrado, Vila Santa Cecília, Retiro e Santo Agostinho) e também com pontos fixos de policiamento nessas localidades. Outra seria a criação do Ciosp Móvel (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública). A sugestão é ter apoio financeiro dos empresários da cidade. Os representantes das forças de segurança também se comprometeram a realizar uma campanha massiva para o uso da Delegacia On-line, que permite aos cidadãos registrar ocorrências sem a necessidade de ir à Delegacia.
“Precisamos da participação de todos para desvendar os crimes. Dos comerciantes, dos cidadãos e do poder público. Devemos incentivar o registro policial para sabermos onde estão ocorrendo e, assim, traçarmos as estratégicas para combater o crime”, afirmou o delegado de Volta Redonda (90ª DP), Eliezer Lorenço.
A EPD (Empresa de Processamento de Dados) de Volta Redonda , segundo Samuca Silva, está realizando a troca da tecnologia das câmeras do Ciosp (Centro de Integração de Operações de Segurança Pública) e a manutenção diária dos equipamentos. O chefe da Polícia Rodoviária Federal do Sul Fluminense, Carlos Carvalho, sugeriu que, com a troca de tecnologia, sejam integradas também, as câmeras do comércio ao CIOSP.
“Assim, a abrangência  vai aumentar consideravelmente, sem elevar os custos dos cofres públicos. Isso já vem ocorrendo na cidade do Rio de Janeiro e o projeto piloto é entre os bairros Leme e Ipanema, na Zona Sul. Volta Redonda é a única cidade do interior que tem condições de realizar esse trabalho”, comentou Carlos Carvalho. Recentemente, a Polícia Rodoviária adquiriu 12 motos e estão sendo utilizados também nas rodovias federais que cortam Volta Redonda como a Via Dutra e BR-393 (Lúcio Meira). “Já fizemos blitz na BR 393 na altura da Vila Santa Cecília, Jardim Amália e Água Limpa. E elas continuarão”. 
O comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, Paulo Henrique Dalboni, se demonstrou preocupado também com a vinda de marginais da capital para o interior. "Já estão tendo armamentos pesados nas mãos de marginais. Eles vêm migrando para Volta Redonda. Isso é preocupante", afirmou Dalboni. Atualmente, a Guarda Municipal de Volta Redonda têm porte de arma, mas a autorização – que é feita pela Polícia Federal – termina em setembro.
O chefe da delegacia da Polícia Federal de Volta Redonda, delegado Pedro Paulo Simão, afirmou que o processo de renovação do porte de arma da Guarda Municipal está na AGU (Advocacia Geral da União). “Mas, garanto que até setembro a licença seja renovada”, afirmou o delegado da Polícia Federal, durante a reunião.   
Para presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Volta Redonda, Adriano Santos, o comércio está na linha de frente e solicitou para que seja combatido também os receptores de mercadorias. “Nas últimas semanas tivemos muitas reclamações de associados sobre os assaltos. E mais: sugiro combater também os receptores das mercadorias de furto e roubo”. Ele também pediu que o policiamento seja reforçado nas vésperas do Dia das Mães, a segunda principal data do comércio. 
 “Nestas épocas de grande movimentação do comércio, o Batalhão aumenta o efetivo nas ruas, incluindo os policiais administrativos nas operações. Isso acontece também no período do Natal”, respondeu o tenente Pedro Henrique Costa, subcomandante da Cia de Volta Redonda do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Johnes Hebert e Carlos Henrique (Gordin) Ao vivo na Rádio Líder FM (90,1)- Ouça a melhor programação jovem da região !

Você que nos acompanha a três meses em seu rádio ou pela internet agradecemos muito sua audiência.

Link: http://radiolider90.com

Quando quiser fazer uma visitação nos estúdios será muito bem vindo.

quinta-feira, abril 20, 2017

Sindicato dos Bancários participa de caminhada contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, no Sul Fluminense

É HORA DE MOBILIZAÇÃO
Sindicato dos Bancários participa de caminhada contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, no Sul Fluminense

Integrantes do Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense participaram na tarde desta quarta-feira, dia 19, da Caminhada Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, propostas pelo atual governo. O ato realizado em Barra Mansa teve concentração próxima ao Restaurante Popular e seguiu até a Praça da Matriz de São Sebastião, no Centro.

O protesto reuniu paróquias e comunidades da Diocese de Barra do Piraí/Volta Redonda, além de membros da CUT - regional (Central Única dos Trabalhadores). O movimento também foi realizado em Quatis, no dia 18. Nesta quinta-feira, 21, a partir das 16 horas, o movimento será realizado em Volta Redonda. A caminhada tem concentração marcada próxima a Igreja Santa Cecília em direção à igreja de Nossa Senhora da Conceição, no Conforto, onde será celebrada uma missa.

REFORMA TRABALHISTA – A reforma do governo Temer abre espaço para o rebaixamento dos direitos dos trabalhadores, já que no Brasil, a negociação coletiva tem força de lei – artigo 7º, XXVI da Constituição Federal – que enuncia a necessidade de se prever condições melhores de trabalho dos que aquelas já previstas em lei. A proposta inverte os princípios e finalidades do Direito do Trabalho e abre precedente para que a jornada de trabalho cegue até a 12 horas por dia; nas demissões de comum acordo, o empregador poderá pagar metade do aviso prévio e da multa do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, além da demissão em massa.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA – Promove mudanças radicais na Previdência Social em desfavor dos contribuintes, fazendo os trabalhar por mais tempo, com menos benefícios e menor segurança jurídica em casos de pensões por morte ou acidente de trabalho. Entre as situações que os brasileiros terão que enfrentar, caso a Reforma da Previdência seja aprovada, estão: idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentares e contribuição de 49 anos ininterruptos para alcançar benefício integral. No caso de morte do contribuinte do INSS, a pensão para a viúva passa a ser de 50% do valor da aposentadoria do falecido, mais 10% por dependente. Se o viúvo for aposentar terá que optar por um dos benefícios.

Atendimento a autistas é referência em Volta Redonda

Atendimento a autistas é referência em Volta Redonda
Cidade abriga a primeira escola da América Latina com atendimento para autistas

O Dia Mundial do Autismo, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), é celebrado no dia 2 de abril. Em Volta Redonda, o atendimento aos autistas é referência e realizado durante todo o ano, pela prefeitura. O município abriga a primeira escola da América Latina com atendimento focado em crianças autistas - a Escola Especializada Dayse Mansur da Costa Lima, que fica no bairro Jardim Paraíba, e atende a 69 alunos, entre 04 e 16 anos.

Nessa escola os alunos recebem acompanhamento físico e pedagógico, além de atividades complementares como aulas de música, informática e atividades físicas realizadas nas salas de estimulação e na academia da escola. Também aprendem como realizar as atividades básicas do cotidiano, além de atividades voltadas para o desenvolvimento da linguagem, funções motoras, comunicação e interação. A escola funciona em dois períodos: das 7h às 11h e das 13h às 17h, e conta com 32 profissionais.

De acordo com a diretora e orientadora educacional da Dayse Mansur, Renata de Oliveira Lopes, o atendimento desses alunos é individualizado, seguindo um plano educativo elaborado a partir da avaliação das necessidades de cada aluno. “Cada sala de aula possui professores que atendem, no máximo, a seis alunos. O objetivo desse trabalho é garantir que os alunos com autismo possam ter independência, autonomia e consigam se relacionar melhor com seus familiares e com a sociedade”, disse a diretora.

Para a comerciante Simone Moreira, moradora do bairro Nova Primavera, e mãe de uma aluna do Dayse Mansur o atendimento disponibilizado na escola foi essencial para o desenvolvimento da sua filha. “Descobri com quase dois anos que minha filha era autista. Tentamos deixá-la numa escola regular, mas ela não se adaptou. Quando ela completou quatro anos veio para o Dayse Mansur onde está até hoje. Aqui ela deixou a fralda e chupeta e passou a ser mais independente. Cada ano vai conquistando novos progressos. A escola foi crucial para o seu desenvolvimento. Aqui as pessoas são qualificadas e ajudam, não só as crianças, como toda família”, disse a mãe.  

Ao completarem 16 anos, os alunos são transferidos para o Sítio Escola Municipal Espaço Integrado do Autista Thereza Chicarino (Semeia), que fica no bairro São Luiz, e atende jovens autistas em fase adulta.  Lá, eles realizam diariamente mais de 20 atividades adaptadas. Todos os alunos são alfabetizados, têm acesso à informática, frequentam academia de ginástica, fazem atividades na quadra de esportes e mostram talento e criatividade em uma oficina de artes. No Sítio Escola, eles ainda contam com horta e cozinha modelo. Atualmente, 77 alunos estudam no local.

A aposentada Solange Dias, moradora do bairro São Luiz, mãe do aluno Adilson Dias de Andrade, de 25 anos, que estuda no Semeia, comemora o atendimento disponibilizado pela rede pública. “Meu filho sempre o teve atendimento adequado em Volta Redonda. Ele veio do Dayse Mansur para o Semeia e isso foi crucial para o seu desenvolvimento. Além disso, aqui recebemos orientação sobre o autismo, e trocamos experiências”, falou a aposentada.

O município oferece aos alunos das duas escolas, transporte em ônibus especiais com a presença de monitores para acompanhá-los no trajeto diário de casa até a escola. De acordo com a secretária municipal de Educação, Rita de Cássia Andrade, os alunos que, mesmo com as adequações curriculares propostas, não conseguem acompanhar as propostas pedagógicas nas classes regulares, são encaminhados para a rede especializada. “Em Volta Redonda eles são acompanhados desde a primeira infância até a fase adulta. É um trabalho realizado por uma equipe pedagógica que leva a sério esse tema, respeitando o direito dos autistas. Nosso objetivo é de promover a sua inclusão na sociedade, melhorando a qualidade de vida deles e de toda família”, garantiu a secretária.


Ainda em alusão ao Dia Mundial do Autismo,  o Palácio 17 de Julho, recebeu nova iluminação com luz azul por determinação do prefeito Samuca Silva, em apoio à data. A cor azul foi escolhida porque a incidência em meninos é maior, tendo uma relação de quatro meninos para uma menina com autismo. A sede da prefeitura continuará iluminada até dia o final do mês de abril.

A secretaria de Saúde de Volta Redonda informa que o Governo do Estado do Rio não liberou as doses semanais para vacinação contra a febre amarela

A secretaria de Saúde de Volta Redonda informa que o Governo do Estado do Rio não liberou as doses semanais para vacinação contra a febre amarela. Por conta do ocorrido, nesta semana (terça e quinta) não haverá vacinação no município. A secretária municipal de Saúde, Márcia Cury, explicou que está em contato com o Governo do Estado do Rio para que a regularização das doses aconteça o mais rápido possível.
“Estamos em constante contato com a secretaria estadual de Saúde para normalizar a situação”, disse Márcia, lembrando que mais de 20,5 mil pessoas já foram imunizadas, em Volta Redonda.

Comissão de Finanças da Câmara de Barra Mansa apresenta parecer pela rejeição das contas de Jonas Marins


Ex-prefeito terá 15 dias para apresentar defesa após notificação

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Barra Mansa recebeu do Tribunal de Contas um parecer prévio favorável com ressalvas de determinação em relação às contas do ex-prefeito Jonas Marins, referente ao exercício financeiro de 2015.
De acordo com o vereador Marcelo Cabeleireiro, presidente da Câmara, a casa assim que recebeu o documento enviou para a comissão de Finanças e Orçamento para conhecimento e apreciação.
- De acordo com o regimento interno, é essa comissão que tem autonomia para emitir parecer sobre o assunto, e ela enviou opinando pela rejeição.
Ainda segundo o presidente, o ex-prefeito será notificado para apresentar defesa conforme determina a constituição.
- No momento que ele for notificado, Jonas terá 15 dias para apresentar defesa por escrito e fazer sua sustentação oral no dia a ser designado pela Câmara.

Salas de aquecimento do Estádio Raulino de Oliveira são utilizadas para tratamentos de fisioterapia


Atividades estão sendo realizadas graças a uma parceria entre as secretarias municipais de Esporte e Lazer e de Saúde

Mais de 160 pacientes do Centro Municipal de Reabilitação Física Tuffi Rafful (Cemurf) estão utilizando, mensalmente, as salas de aquecimento do Estádio Raulino de Oliveira para tratamento pós-operatório, de lesão de membro inferior e grupos de colunas. As atividades, que começaram em março, estão sendo realizadas graças a uma parceria entre as secretarias municipais de Esporte e Lazer (Smel) e de Saúde (SMS).
De acordo com o coordenador do Cemurf, Vladimir Lopes de Souza, os tratamentos acontecem em três fases: Inicialmente, é realizado no setor de pós-operatório, depois migra para o atendimento de membro inferior e a fase final (proprioceptivo) está sendo realizada nas salas de aquecimento do Estádio.  
“Esse tipo de tratamento busca a reeducação do equilíbrio, da marcha e da coordenação motora, através de exercícios específicos que utilizam circuitos que simulam os diferentes solos e locais onde o individuo transita no dia a dia. Esse tratamento é essencial para complementar o ciclo da fisioterapia”, afirmou o coordenador.
Além disso, a propriocepção indica se as várias partes do corpo estão coordenadas para o movimento que se está tentando fazer, seja ele caminhar ou saltar, por exemplo, evitando que se perca o equilíbrio. Assim, a realização de exercícios de propriocepção em consultas de fisioterapia é importante para melhorar o equilíbrio e os movimentos precisos do corpo, ensinando o mesmo como se movimentar para proteger a área afetada.

Dois fisioterapeutas são responsáveis pelo atendimento à população. Para Tobias Lima Barbosa, um dos fisioterapeutas responsáveis pelo serviço, o tratamento é mais voltado para o dia a dia do paciente e tem como objetivo fazer com que eles voltem, o mais rápido possível, para as suas atividades normais. “Com esse tratamento o paciente tem um ganho mais rápido, uma vez que as atividades são voltadas para seus afazeres diários, como subir escadas, andar na rua, correr, entre outros”, disse o fisioterapeuta.
Para a fisioterapeuta Rejane Fernandes, responsável pelo atendimento dos grupos de coluna, os exercícios realizados durante o tratamento são simples. A idéia é que o paciente possa fazê-los em casa. “Tudo é feito numa linguagem bem popular, para que eles entendam o objetivo do exercício e a forma correta de executá-lo. O vínculo que eles criam aqui também é muito importante. Esse convívio melhora muito a vida deles”, explica a fisioterapeuta.
A paciente Thais Guedes Vargas, de 24 anos, moradora do bairro Voldac comemora as conquistas já alcançadas com o atendimento. “Tive uma fratura no tornozelo direito e não conseguia fazer certos novimentos. Hoje já estou correndo. Senti muita diferença entre os exercícios que faço aqui e os de fisioterapia”, comentou.  
Segundo o administrador do estádio, Felipe Moura de Araújo, sempre que possível essas parcerias serão realizadas. “Estamos potencializando as atividades de Saúde e Educação, pois há espaços ociosos durante a semana e nos dias que não tem jogos. Nosso objetivo é de atender um número maior de pessoas no estádio”, disse Felipe.
Para a secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, parcerias entre as secretarias devem acontecer mais constantemente. “Nesse caso, específico da fisioterapia, o esporte está extremamente ligado à questão da reabilitação física e nosso interesse é realizar constantemente ações multissetoriais.Juntos, podemos unir forças em prol da população”, reforçou Maria Paula.
“É muito importante a integração entre as secretarias municipais para qualificar e melhorar o atendimento à população. Nesse caso, agradecemos à Smel pelo espaço da sala de aquecimento no Estádio, que é apenas uma de nossas parcerias. Ali poderemos ampliar os serviços de fisioterapia, principalmente o tratamento voltado para a coluna”, concluiu a secretária municipal de Saúde, Márcia Cury.   

Mutirão do MEI realiza cerca de 350 atendimentos em Volta Redonda


Procura foi maior por microempreendedores individuais que queriam fazer a declaração anual de ajuste


Cerca de 350 atendimentos foram realizados durante o Mutirão do MEI (Microempreendedor Individual), evento realizado pela prefeitura de Volta Redonda em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), em frente ao prédio do Governo Municipal. De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Volta Redonda, Joselito Magalhães, o mutirão atendeu as expectativas do setor.

“Até a quarta-feira, haviam sido atendidos 275 MEIs, mas o último dia costuma ser o de maior procura. Os microempreendedores receberam orientações em relação às obrigações anuais, declarações e informações que são dadas referentes ao MEI, baixa de CNPJ. A gente percebia que havia uma necessidade e a procura foi dentro daquilo que esperávamos”, contou Joselito, acrescentando que o mutirão foi uma etapa do trabalho que o Governo Municipal vem realizando com os microempreendedores individuais. “A partir daqui, teremos um acompanhamento diário através do Banco da Cidadania, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Sebrae, mantendo nesses setores informações mais pontuais para eventuais dúvidas desse público”.

A coordenadora regional do Sebrae, Ana Lucia Lima, informou que a maior procura foi para fazer a declaração anual, que deve ser deve ser realizada até o dia 30 de maio deste ano (referência a 2016).

“Muita gente não está informada sobre isso. Em Volta Redonda, são mais de 10,4 mil MEIs e muitos deixam para a última hora. Recebemos pessoas com MEI para regularizar desde 2010, por exemplo. Teve gente que finalizou o empreendimento, mas não regularizou a situação. As pessoas precisam se informar mais sobre as ferramentas que eles têm, tanto no Sebrae como na Prefeitura”, explicou Ana Lucia Lima, citando que também houve uma grande procura por informações do INSS.

O evento também atraiu quem ainda não tem o registro do MEI, mas pretende investir na formalidade do empreendedorismo. Gabriela de Oliveira, de 28 anos, contou sua experiência e o que a motivou a participar do mutirão. “A principio, abri uma empresa de fotografia, mas não deu certo. Fui informada pelo meu marido sobre esse mutirão. Achei a ideia muito boa e o atendimento eficiente. Uma boa iniciativa para tirar dúvidas do empreendedor sobre como dar baixa, declarar, entre outras coisas”.

“Fico feliz que as pessoas tenham vindo ao mutirão. O microempreendedor individual tem um papel importante e esse mutirão demonstra nosso compromisso com a geração de emprego em Volta Redonda”, disse o prefeito Samuca Silva, lembrando que o governo municipal retirou a taxa de R$ 800 que era cobrada do MEI, facilitando a formalização da atividade.

MUTIRÃO – O Mutirão do MEI teve como objetivo orientar, tirar dúvidas e melhorar a gestão financeira de microempreendedores individuais do município e da região. Durante o evento, foram esclarecidas questões sobre declaração anual do MEI (2017) e declarações anuais em atraso, impressão da DAS (guia de pagamento do MEI), baixa do CNPJ, direitos previdenciários, além de contabilidade e administração de empresas. O público também pôde conferir palestras sobre finanças e vendas realizadas no auditório da administração municipal.

Mutirão do MEI realiza cerca de 350 atendimentos em Volta Redonda


Procura foi maior por microempreendedores individuais que queriam fazer a declaração anual de ajuste


Cerca de 350 atendimentos foram realizados durante o Mutirão do MEI (Microempreendedor Individual), evento realizado pela prefeitura de Volta Redonda em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), em frente ao prédio do Governo Municipal. De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Volta Redonda, Joselito Magalhães, o mutirão atendeu as expectativas do setor.

“Até a quarta-feira, haviam sido atendidos 275 MEIs, mas o último dia costuma ser o de maior procura. Os microempreendedores receberam orientações em relação às obrigações anuais, declarações e informações que são dadas referentes ao MEI, baixa de CNPJ. A gente percebia que havia uma necessidade e a procura foi dentro daquilo que esperávamos”, contou Joselito, acrescentando que o mutirão foi uma etapa do trabalho que o Governo Municipal vem realizando com os microempreendedores individuais. “A partir daqui, teremos um acompanhamento diário através do Banco da Cidadania, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Sebrae, mantendo nesses setores informações mais pontuais para eventuais dúvidas desse público”.

A coordenadora regional do Sebrae, Ana Lucia Lima, informou que a maior procura foi para fazer a declaração anual, que deve ser deve ser realizada até o dia 30 de maio deste ano (referência a 2016).

“Muita gente não está informada sobre isso. Em Volta Redonda, são mais de 10,4 mil MEIs e muitos deixam para a última hora. Recebemos pessoas com MEI para regularizar desde 2010, por exemplo. Teve gente que finalizou o empreendimento, mas não regularizou a situação. As pessoas precisam se informar mais sobre as ferramentas que eles têm, tanto no Sebrae como na Prefeitura”, explicou Ana Lucia Lima, citando que também houve uma grande procura por informações do INSS.

O evento também atraiu quem ainda não tem o registro do MEI, mas pretende investir na formalidade do empreendedorismo. Gabriela de Oliveira, de 28 anos, contou sua experiência e o que a motivou a participar do mutirão. “A principio, abri uma empresa de fotografia, mas não deu certo. Fui informada pelo meu marido sobre esse mutirão. Achei a ideia muito boa e o atendimento eficiente. Uma boa iniciativa para tirar dúvidas do empreendedor sobre como dar baixa, declarar, entre outras coisas”.

“Fico feliz que as pessoas tenham vindo ao mutirão. O microempreendedor individual tem um papel importante e esse mutirão demonstra nosso compromisso com a geração de emprego em Volta Redonda”, disse o prefeito Samuca Silva, lembrando que o governo municipal retirou a taxa de R$ 800 que era cobrada do MEI, facilitando a formalização da atividade.

MUTIRÃO – O Mutirão do MEI teve como objetivo orientar, tirar dúvidas e melhorar a gestão financeira de microempreendedores individuais do município e da região. Durante o evento, foram esclarecidas questões sobre declaração anual do MEI (2017) e declarações anuais em atraso, impressão da DAS (guia de pagamento do MEI), baixa do CNPJ, direitos previdenciários, além de contabilidade e administração de empresas. O público também pôde conferir palestras sobre finanças e vendas realizadas no auditório da administração municipal.


Fórum das Entidades Empresariais de Volta Redonda participa da sessão de reprovação das contas do ex-prefeito Neto


Membros do Fórum Permanente das Entidades Empresariais de Volta Redonda estiveram presentes na sessão da Câmara de Vereadores que reprovou as contas do ex-prefeito Antônio Francisco Neto, na noite do dia 17 de abril. Por 15 votos a 6, os vereadores acataram os pareceres do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e das Comissões de Justiça e de Finanças da Câmara.
“Saímos satisfeitos da sessão, pois a maioria dos vereadores teve o mesmo entendimento dos técnicos do TCE, das Comissões de Finanças e de Justiça da Câmara e também do parecer do Ministério Público. Vivemos uma nova era, na qual os gestores públicos devem cumprir com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Quem comete irregularidades e desvia recursos da Educação para outros setores da prefeitura não tão importantes, merece a punição prevista na lei", afirmou o Evandro Queiróz Glória, presidente do Fórum Permanente.

Sistema Estadual de Bibliotecas do Rio de Janeiro realiza atividades para democratização e fortalecimento do livro e da leitura

Sistema Estadual de Bibliotecas do Rio de Janeiro realiza atividades para democratização e fortalecimento do livro e da leitura
Evento vai acontecer em Volta Redonda, entre os dias 24 e 25 de abril

A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, por meio da Superintendência da Leitura e do Conhecimento e do Sistema Estadual de Bibliotecas, vai realizar em Volta Redonda, entre os dias 24 e 25 de abril, o encontro regional do Sistema Estadual de Bibliotecas do Rio de Janeiro - SEB Itinerante. O objetivo é a promoção, democratização e fortalecimento do livro e da leitura e suas políticas públicas, na região Médio Paraíba. O encontro acontecerá na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, que fica na Vila Santa Cecília.

Duas oficinas de capacitação voltadas para assuntos básicos da Biblioteconomia e elaboração de projetos culturais em espaços de leitura, e a primeira plenária regional do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro (PELLLB-RJ), serão realizadas durante o evento.

O PELLLB-RJ tem como compromisso garantir a democratização do acesso ao livro e incentivo à leitura, utilizando como base norteadora o Plano Nacional do Livro. Para orientação desse plano, um Grupo de Trabalho da sociedade civil foi composto, por meio de uma votação online, onde foram eleitos seis representantes (titulares e suplentes) das três cadeias do livro (criativa, produtiva e mediadora). “As plenárias são encontros importantes para o momento de escuta com a população, sobre suas demandas e colaborações com o segmento literário”, informou a secretária municipal de Cultura, Márcia Fernandes.

Não será necessária a realização de inscrições. Para participar basta ir ao local nos dias indicados. Serão entregues certificados a todos os participantes.

Programação

Dia 24 de abril
13h – Abertura do encontro SEB Itinerante

13h30 – Primeira plenária regional do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, com a participação das cadeias criativa (escritores, ilustradores), produtiva (editores, livreiros) e mediadora (professores, mediadores de leitura, bibiotecários etc.) do livro.

17h – Encerramento.
Dia 25 de abril
9h - Oficina de Dinamização e Incentivo aos Espaços de Leitura - "Organização e Diversidade"
·         O que é biblioteca
·         Tipos de bibliotecas
·         A diferença entre biblioteca, arquivo e museu
·         A linha do tempo informacional
·         Estrutura e funcionamento da biblioteca
·         Espaço físico e ambiência de um espaço de leitura
·         Política de Desenvolvimento de Coleções
·         Organizações do acervo

12h – Almoço

13h – Oficina de Elaboração de Projetos em Espaços de Leitura
·         A biblioteca e as demandas da comunidade
·         O que é o projeto cultural
·         A elaboração do projeto
·         Formas de financiamento
·         O projeto cultural na prática

16h – Encerramento.

Prorrogadas inscrições para Fórum sobre Saúde e Segurança para Profissionais de Salões de Beleza

Prorrogadas inscrições para Fórum sobre Saúde e Segurança
para Profissionais de Salões de Beleza
Evento será no dia 24 de abril, no auditório da UGB

O Cerest/VR (Centro Regional de Saúde do Trabalhador) – que também atende Pinheiral, Barra do Piraí, Piraí, Valença e Rio das Flores – prorrogou as inscrições para o I Fórum Municipal sobre Saúde e Segurança para Profissionais de Salões de Beleza de Volta Redonda. Com o tema ‘Cuidando da Saúde de Quem Cuida da Beleza’, o evento será realizado no dia 24 de abril, no Auditório da UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase), das 8h30 às 16h.

As inscrições, que se encerravam na última terça-feira, dia 18, foram prorrogadas até a quinta-feira, dia 20, véspera do feriado pelo Dia de Tiradentes. Os interessados devem telefonar para o Cerest/VR (24) 3339-9689/9698 ou enviar e-mail para o órgão: cerestvr@gmail.com.

Os participantes receberão certificados. O público alvo é formado por cabeleireiros, manicures, barbeiros, pedicures e funcionários afins dos 430 estabelecimentos cadastrados na Secretaria Municipal de Fazenda de Volta Redonda. As vagas são limitadas em 350 pessoas.

Até a tarde de terça-feira, dia 18, 178 profissionais haviam feito a inscrição para o fórum. Uma delas, a manicure Dolores Maria de Oliveira, que atua na profissão há mais de 18 anos, fez questão de garantir sua vaga. Formada em técnica de enfermagem no final do ano passado ela garante que a capacitação constante é a única forma de se tornar um profissional sempre melhor.

“Trabalhar com saúde e segurança é bom para nós e para os clientes. Além disso, a certificação do Cerest dá credibilidade ao serviço”, acrescentou Dolores.  

PALESTAS – Entre os temas abordados estarão: Saúde e segurança na execução das atividades, profissional do Cerest/VR; Riscos de contaminação por material biológico, membro da Secretaria de Saúde de Volta Redonda; Boas práticas em salões de beleza, profissional da Vigilância Sanitária; Valorização do trabalho, representante da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres; Como legalizar seu estabelecimento, Secretaria Municipal de Planejamento.