English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, abril 22, 2016

Ministra Nilma Lino participa de Encontro de Gestores Estaduais de Juventude

Evento ocorreu nesta quarta-feira (20/04), na Secretaria Nacional de Juventude, e contou com a participação de gestores e servidores que trabalham com a pauta
O fortalecimento das políticas pú
blicas voltadas para a Juventude foi um dos temas tratados pela ministra Nilma Lino Gomes durante a mesa de abertura do Encontro do Fórum Nacional de Gestores Estaduais de Juventude. Realizado na manhã desta quarta-feira (20), o Encontro foi realizado na Secretaria Nacional de Juventude, em Brasília – DF.
A ministra das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, ao recepcionar o novo secretário da SNJ, afirmou que o momento é de estabelecer prioridades. “A pauta da juventude faz parte da construção de uma sociedade democrática. Estabelecer prioridades de ação, que ajudem a estruturar e dar mais força às políticas de juventude é essencial neste momento”, declarou. Em sua fala durante a abertura do Encontro, Nilma expressou preocupação com o atual momento político e enfatizou a importância de fortalecer a pauta e sua visão emancipatória, além de citar a retomada de programas como o Juventude Viva e a regulação do Sistema Nacional de Juventude (Sinajuve).
Para o secretário nacional de Juventude, Jefferson Lima, o encontro marca o início da nova gestão, ao estabelecer o diálogo com os gestores que trabalham diretamente com a temática. “Esse é o primeiro encontro de vários que queremos promover. É essencial iniciar a gestão dialogando com a ponta, com quem está construindo a política nos estados. Temos que construir a política em sintonia com o trabalho dos Estados, institucionalizando cada vez mais a pauta da juventude”, destacou. O extermínio da juventude negra também foi tratado pelo secretário. “Precisamos realizar um grande pacto nacional para combater o extermínio da juventude negra, colocando essa pauta como prioridade na ordem do dia”, afirmou. Jefferson Lima também falou sobre o “Identidade Jovem”, um documento que vai garantir benefícios de gratuidade no transporte público interestadual e de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos a cerca de 18 milhões de jovens brasileiros. A disponibilização da Identidade Jovem amplia direitos e assegura as conquistas do Estatuto da Juventude, compromissos do governo para inclusão social. O documento, criado pela presidenta Dilma Rousseff (Decreto n° 8.537, de 5 de outubro de 2015), é um passo importante para o funcionamento do Sistema Nacional de Juventude e a implantação do Plano Nacional de Juventude.
Durante a abertura, o presidente do Fórum Nacional de Gestores Estaduais de Juventude, David Barros, afirmou que é necessário mobilizar para aprovar o Estatuto da Juventude e regulamentar o Sinajuve. “Para nós, o fortalecimento das políticas públicas de juventude passa pela regulamentação do Sistema Nacional de Juventude. Esse fortalecimento se dará a partir do momento em que os estados possam pensar as políticas a partir das suas especificidades, permitindo a ascensão de seus jovens”, afirmou. Barros também destacou como desafio a superação da mortalidade dos jovens negros. “Um dos principais desafios que a juventude tem hoje é o direito à vida. Nossos jovens, principalmente os negros, continuam morrendo nas periferias. E o fortalecimento de programas como o Juventude Vida é fundamental para prevenir os homicídios de nossos jovens”, afirmou.