Muito já se havia especulado sobre qual personagem de "Os Simpsons" sairia do armário. Depois de 27 temporadas e algumas insinuações maldosas, Waylon Smithers Jr., secretário do sr. Burns, finalmente saiu do armário e se assumiu gay, em episódio exibido na TV americana na noite desta domingo, dia 3.
simpsons-4
A ideia de assumir a homossexualidade de Waylon surgiu há cerca de 3 anos, quando um dos roteiristas da série, Rob LaZebnik, propôs homenagear seu filho gay em algum dos episódios.
“Não queríamos ter um momento bombástico como ‘eu sou gay’", contou LaZebnik em entrevista na edição de sábado, 2, do jornal The New York Post. “No lugar disso, apenas essa grande adesão dos personagens – como se todo mundo já soubesse do fato de ele ser gay”.
simpson-2
No episódio “The Burns Cage” (A Gaiola de Burns), Waylon resolve deixar sua admiração platônica (e não correspondida) pelo chefe mais velho às claras. Em sua própria casa, o personagem tem obras de arte com o rosto do sr. Burns em algumas delas, como esta abaixo, em que o diretor aparece sem camisa, em cima de um cavalo, em uma pintura que imita o presidente russo Vladimir Putin, em férias no sul da Sibéria, no verão de 2007.
simpsons-3
O EPISÓDIO
Tudo começa quando Waylon surge no trabalho super irritado e começa a pegar no pé de Homer e de outros colegas de trabalho. Sem saber o que fazer, eles decidem arranjar uma mulher para o amigo. Uma mulher que possa encontrar um homem para Waylon.
O próprio Homer pede à Marge que ela instale em seu celular um app de relacionamentos. No episódio, aparece "Grinder", fazendo clara alusão ao "Grindr". Homer começa a fazer a seleção de um candidato ideal, passando levemente o dedo pelas fotos dos assinantes do serviço: “este não, este não, este é muito caliente, este é muito cortador de lenhas, este é muito ‘olha como sou engraçado”.
simpsons-5
Sem encontrar um “par ideal” para Smithers, Marge surge com a ideia de convidar todos os gays da cidade para uma festa, assim Smithers pode fazer a escolha por si próprio. Um bartender cubano dá em cima de Smithers e é correspondido.
Uma montagem ao som da música “Celebration”, da banda Kool & The Gang, mostra Smithers e o cubano num jantar romântico, numa pescaria, fazendo exercícios juntos e tomando champanha no escritório da usina nuclear. Apaixonado, Smithers se enche de coragem e, antes de fazer uma viagem a Havana com o novo namorado, pede demissão ao chefe. Inconformado com a perda do assessor e braço direito, Burns reúne seu time de advogados para esboçar um plano para convencer Smithers a voltar para o emprego.
simpsons-6