English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, novembro 23, 2016

CNA Jovem: finalistas estaduais expõem projetos no Sindicato Rural de Barra Mansa



Os três jovens finalistas do estado do Rio de Janeiro do programa ‘CNA Jovem’ apresentaram seus projetos na tarde desta quarta-feira, dia 23, no auditório do Sindicato Rural de Barra Mansa. Carina Machado, Amanda Reis e Paulo Fadul são moradores da região Sul Fluminense e, no próximo fim de semana, representarão o estado do Rio na última fase da etapa nacional do programa. Os três primeiros colocados nacionais da edição 2016 ganharão uma viagem de 12 dias para a Nova Zelândia, em março de 2017, para conhecerem centros de educação.

Organizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio regional do Sindicato Rural de Barra Mansa, o ‘CNA Jovem’ tem o objetivo de desenvolver novas lideranças para o campo. “No ano passado, o único setor da economia brasileira que apresentou crescimento do PIB foi o agronegócio. Os bons resultados econômicos, aliados aos investimentos em inovação e tecnologia, têm atraído cada vez mais jovens para o campo. O programa trabalha o desenvolvimento desses jovens, oferecendo a eles a oportunidade de participar de trabalhos e discussões de grande relevância para o segmento”, explicou Adilson Rezende, vice-presidente do Sindicato Rural de Barra Mansa.

“Os projetos dos alunos finalistas trazem soluções para mitigar desafios do agronegócio na nossa região e que podem ser replicados em qualquer parte do país”, afirmou Mozart Valle, instrutor dos alunos. Os assuntos abordados nos trabalhos são orientação vocacional de carreiras no setor rural; representatividade política do produtor rural e melhoria de comunicação nas ações de extensão e assistência técnica rural.
“O foco do meu projeto é possibilitar a transmissão de informações mais claras e simples aos produtores rurais. Assim, eles assimilam melhor o conhecimento e conseguem aumentar a produção”, defendeu Amanda, moradora de Valença. Para ela, a experiência de participar do programa foi única. “O CNA Jovem me abriu horizontes e oportunizou que eu colocasse minhas ideias e vontades no papel. Agora, vou buscar parceiros para colocá-las em prática”, disse a finalista estadual.
O supervisor local da Emater BM, Antônio Paz Guiscafre, elogiou os projetos finalistas e o apoio do Sindicato Rural. “Antes tínhamos dificuldades de manter o jovem no campo, mas isso tem mudado graças aos cursos de capacitação oferecidos na região. O CNA Jovem vem para impulsionar ainda mais os jovens a se dedicarem ao setor”, disse.