English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quinta-feira, dezembro 22, 2016

Duplicação da Serra das Araras é pauta de reunião do CODEC BM



Os membros do CODEC BM (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Barra Mansa) se reuniram no final da tarde desta segunda-feira, dia 19, na ACIAP BM, com o diretor executivo da Câmara Metropolitana de Integração Governamental, Vicente Loureiro. O encontro também contou com a presença do gerente da unidade da Lactalis no município, Nelson Ferreira. A principal pauta da reunião foi o projeto de duplicação da pista de descida da Serra das Araras, em Piraí.

O conselheiro do CODEC BM e presidente da representação regional da Firjan no Sul Fluminense, Edvaldo Carvalho Xavier, apresentou a Loureiro uma sugestão de plano de trabalho para 2017. “Precisamos articular junto às prefeituras a criação de um plano diretor de desenvolvimento integrado que contemple projetos que beneficiem toda a região. Um desses projetos é a duplicação da pista de descida da Serra das Araras com o objetivo de melhorar o fluxo para veículos de carga, passeio e transporte público”, defendeu Edvaldo.

Atualmente, o governo federal negocia com a CCR NovaDutra, concessionária da Rodovia Presidente Dutra, a realização do investimento de R$ 1,7 bilhão para a implantação de nova pista na Serra das Araras, dando em contrapartida a extensão do prazo da concessão da rodovia ou o aumento do valor do pedágio. Segundo Loureiro, é preciso que a sociedade civil organizada pressione o poder público por uma solução para a execução da obra.

“A harmonia entre o tráfego regional e o local, de forma segura para todos, é um grande desafio a ser equacionado. Essa obra é muito importante para que não tenhamos, já em médio prazo, uma quantidade de tráfego que a região não possa suportar, como já ocorre na Baixada Fluminense. Lá o tráfego já chegou em seu limite físico”, disse o diretor executivo.

O presidente do CODEC BM, Arivaldo Corrêa Mattos, defendeu o envolvimento das prefeituras da região para que o projeto saia do papel. “Esse trecho da Serra das Araras representa um gargalo para o tráfego, com a ocorrência de diversos acidentes envolvendo o transporte de cargas, em função do traçado sinuoso da pista de descida.  A obra, além de gerar cerca de 5 mil empregos, vai trazer desenvolvimento para todo o estado, pois hoje temos uma verdadeira barreira física que nos distancia das outras regiões do estado do Rio e nos aproxima do estado de São Paulo”, argumentou Arivaldo.

Ele afirmou ainda que o CODEC BM também vai cobrar do governo federal e da CCR Nova Dutra a construção do acesso para o Parque Tecnológico do Sul Fluminense, às margens da Via Dutra. “Vamos continuar nossa mobilização envolvendo outros municípios e entidades para que esses projetos sejam prioridades da região em 2017”, disse Arivaldo.

Qualidade do leite – Durante a reunião, o gerente da unidade da Lactalis em Barra Mansa afirmou que a empresa vai investir na melhoria da qualidade do leite produzido na região. Segundo Nelson Ferreira, a Lactalis pretende ampliar o número de fornecedores de leite. “Para isso, é preciso que o produtor tenha consciência da importância de seguir as normas técnicas de qualidade. Vamos intensificar nossa atuação nesse sentido e contamos com parcerias importantes como o CODEC BM para esse trabalho”, finalizou Ferreira.