English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

segunda-feira, janeiro 23, 2017

Fórum Municipal do Ensino Superior será criado em Volta Redonda


Universidades da cidade se unirão com prefeitura para atender a população
 Durante a reunião com representantes de universidades, nesta sexta-feira, dia 20, na prefeitura de Volta Redonda, o prefeito Samuca Silva sugeriu a criação do Fórum Municipal de Integração do Ensino Superior que terá representantes das cinco unidades de ensino instaladas na cidade (UFF, UBM, UniFOA, FASF e UGB), além de representantes do poder público municipal. O lançamento oficial será realizado ainda este mês.
“O poder público não pode trabalhar sozinho mais. O fórum é uma forma de institucionalizar as ações. Estamos fazendo isso para que os autores da sociedade possam cobrar do poder público e para que os trabalhos tenham continuidade, independente do governante”, justificou Samuca.
Atualmente, segundo as instituições, há 25 mil universitários no município. Uma das principais reclamações das unidades de ensino é a falta de parceria com a prefeitura. “Por burocracia, os nossos alunos não conseguem estágio na prefeitura. Precisamos mudar isso. Nós precisamos da prefeitura e o poder público do conhecimento dos universitários. É uma troca bem saudável e necessária para Volta Redonda”, ressaltou o reitor da UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase), Oswaldir Denadai.
O prefeito, por sua vez, garantiu que essa dificuldade será sanada. “Vocês têm o meu compromisso do estágio. Apresente projeto ao município para inserir os universitários no programa de estágio”, ressaltou.
O diretor da FASF (Faculdade do Sul Fluminense), Cláudio Menchise, sugeriu que Volta Redonda realize um congresso anual de Educação para a reciclagem de professores de escolas públicas e privadas. “Precisamos atualizar, anualmente, nossos professores para que tenhamos uma melhor qualidade de ensino, tanto na rede pública quanto na privada”.     
O reitor da UFF do Campus Aterrado, Ilton Curty, destacou a união entre as instituições de ensino superior. “Temos que juntar as forças. O conhecimento não tem concorrente. O conhecimento é difundido. Chegar nesse ponto é muito relevante para as universidades e para Volta Redonda”.
Carlos José Pacheco, pré-reitor acadêmico da UniFoa, concordou e complementou: “O foco é o nosso conhecimento acadêmico voltado para a população, no âmbito social. As instituições podem ter vários projetos conjuntos”, concluiu.