English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

terça-feira, janeiro 10, 2017

Prefeitura inicia a elaboração da “Tarifa Comercial Zero”


Grupo de trabalho terá representantes das empresas de ônibus e da prefeitura

Em reunião com representantes das empresas de ônibus na manhã desta terça-feira, dia 10, o prefeito Samuca Silva determinou a criação de um grupo de trabalho para iniciar a elaboração do projeto ‘Tarifa Comercial Zero’, uma promessa de campanha. A equipe, que começará a trabalhar ainda esse mês, terá representantes das empresas de ônibus; da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET); da Superintendência de Serviços Rodoviários (Suser) e do Gabinete do Prefeito.

“Não vejo outra solução para a melhoria da mobilidade urbana de Volta Redonda que não seja o transporte de passageiro a custo zero. O objetivo é criar uma linha que percorra os bairros Retiro, Aterrado, Vila Santa Cecília e a Avenida Amaral Peixoto, no Centro. Todos ganham. As empresas de ônibus terão mais passageiros utilizando o transporte coletivo; o trânsito fluirá melhor com menos engarrafamento; comércio recebe mais clientes e o meio ambiente agradece”, disse Samuca Silva.

Para o presidente da Suser, Wellington da Silva, a cidade está passando por momento único, o da mudança. “Temos a oportunidade de fazer diferente. Pensar na mobilidade urbana e não apenas no transporte. Quando a cidade desenvolve, as empresas também crescem. Sempre estarei aberto para o diálogo, uma marca do novo governo”, comentou o presidente da autarquia.

O secretário municipal de Desenvolvimento, Joselito Magalhães, concordou e complementou: “Nós, do serviço público municipal, seremos um intermediário entre a população e as empresas de ônibus. Não tenho dúvidas também que a Tarifa Comercial Zero será um grande incentivo para o comércio nas regiões centrais de Volta Redonda”. 

O presidente do Sindpass (Sindicato Patronal das Empresas de Ônibus), Paulo Afonso, sugeriu que o primeiro passo para a implementação da Tarifa Zero Comercial é uma pesquisa de Origem e Destino dos passageiros da cidade. Hoje, segundo o sindicato, mais de 2,3 milhões de passageiros são atendidos pelas empresas de ônibus por mês.

“Parece muito. Há pouco tempo esse número chegava a cinco milhões por mês. Temos que criar uma cultura para as pessoas deixarem o carro em casa e utilizarem o transporte coletivo. Infelizmente, há uma cultura de demérito para quem utiliza o transporte coletivo”, afirmou Paulo Afonso, salientando que hoje a velocidade média dos ônibus é de 13 km/h, enquanto anos atrás essa média estava na marca dos 20 km/h.

Além de Paulo Afonso, do Sindipass, participaram do encontro os representantes das seguintes viações: Sul Fluminense; Elite; Pinheiral e Cidade do Aço.