English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sábado, fevereiro 18, 2017

Prefeitura de Barra Mansa realiza mutirão de limpeza no horto florestal



Horto tem capacidade de produzir mais de 300 mil mudas por ano para reflorestamento 

A prefeitura de Barra Mansa convida a população para o mutirão de limpeza do Horto Municipal de Barra Mansa, neste sábado, a partir das 7h30. O horto fica no bairro Água Comprida e tem aproximadamente 22 mil metros quadrados de área verde, onde, em pleno funcionamento, são produzidas mais de 300 mil mudas de espécies diversas para serem utilizadas em ações de educação ambiental e reflorestamento de áreas degradadas do município. 

O objetivo da ação é recuperar uma das áreas verdes mais importantes de Barra Mansa, com capacidade para mudar a cobertura florestal da cidade e receber visitas dos estudantes da rede pública e privada.

 "Teremos muito trabalho e precisamos da presença e da boa vontade de todos para ver Barra Mansa sendo reconstruída", disse Rodrigo Drable.       

A prefeitura pede a quem quiser participar do mutirão que leve seus objetos de segurança e proteção individual, como bota, luva, protetor solar, boné ou chapéu e óculos de segurança. O horto fica na estrada Vila Nova X Santa Rita de Cássia, no bairro Água Comprida.   

Recuperação do horto

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, Cláudio Cruz, além da limpeza da área, será necessário um trabalho de recuperação desde a sede administrativa do horto até a parte florestal, que se encontram em completo estado de abandono. “Serão necessários trabalhos de reforma, recuperação das estufas produtoras de mudas que estão totalmente danificadas, limpeza e poda. Precisamos da união de todos os setores da prefeitura e também da sociedade para que possamos reativar o horto”.

Cláudio Cruz destacou que será muito importante nesse processo de recuperação o acompanhamento de especialistas ambientais para que toda a espécie nativa seja preservada. “Vamos fazer um trabalho cuidadoso, com biólogos acompanhando o serviço, para que não seja retirada nenhuma planta importante e para preservar a identidade do horto”, revelou.

O gerente de Meio Ambiente, Douglas Muniz, falou sobre a importância das duas estufas que foram adquiridas em 2008, que tem como objetivo permitir que as mudas se adaptem ao meio ambiente antes do plantio. “As estufas foram construídas para produzir mudas destinadas ao reflorestamento e que também seriam utilizadas no controle de erosão dos rios no município. Precisamos recuperar essas áreas e voltar a produzir”, destacou.