English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Secretaria da Mulher investe no empoderamento feminino em Volta Redonda


Projeto Movimento Mulher realiza primeira ação efetiva

A secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Volta Redonda promoveu na tarde desta terça feira, dia 21, no Colégio Fernando de Noronha, no bairro Vila Brasília, o primeiro encontro do projeto Movimento Mulher – que visa criar uma rede de mulheres que passem a investir no empoderamento, engajamento e fortalecimento feminino. O evento contou com a participação de 54 mulheres dos bairros Belo Horizonte, Coqueiros, Mariana Torres, Verde Vale e Vila Brasília. Além da presença da vereadora Rosana Bergone e da secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Dayse Penna.
A palestra motivacional ficou por conta do coaching Marcelo Gonçalves. Para a secretária municipal de Políticas Públicas, o primeiro encontro foi fundamental para a aproximação entre as mulheres da comunidade e as ações da secretaria. “Temos o propósito de construir juntas. Precisamos aproximar e criar essa rede de relacionamentos para empoderar e diminuir a distância para entender as necessidades de cada uma. Precisamos exercer nossas lideranças e fortalecer esses laços; para isso acontecer precisamos ouvir as histórias de vida das mulheres envolvidas”, afirmou Dayse.
De acordo com Marcelo Gonçalves a mulher precisa conhecer sua força e o seu poder de mudança.  “Essa palestra foi construída no contexto do projeto Movimento Mulher. As mulheres precisam se enxergar, ver sua força e o grande poder que tem na sociedade. Juntas podem somar e construir algo maior”, disse Marcelo.
Para Suelen Tavares, moradora do bairro Mariana Torres, o contato com as ações da secretaria são importantes para entender as necessidades de cada mulher. “Fiquei sabendo do evento pela pastora da igreja. Achei super importante, pois perguntaram o que nós, mulheres, achamos de tudo e principalmente o que desejamos. Foi muito útil esse encontro e vai poder ajudar, precisamos muito de apoio para crescer”, comentou Suelen.  
Escreva uma carta para a Secretaria da Mulher
Para ouvir e compreender as mulheres de Volta Redonda, a secretaria municipal está pedindo para que as mulheres escrevam uma carta contando suas histórias e suas necessidades. As cartas podem ser depositadas em caixas que estão nas Unidades Básicas de Saúde de cada bairro ou na própria secretaria. Segundo Dayse, a meta é receber 14 mil cartas e não precisa ser assinada. “Quem quiser se identificar fique a vontade, mas não é obrigatório. Queremos uma carta escrita com sua letra contando sua vida ou aquilo que lhe interessar falar, nossa meta é receber 14 mil cartas até abril”, garantiu Dayse.