English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, março 31, 2017

Contra Reforma da Previdência, professores fazem ato em frente à Prefeitura e centrais sindicais ocupam Paulista

Um grupo de professores realiza um protesto no Viaduto do Chá, em frente à Prefeitura de São Paulo, na região central de São Paulo, desde as 14h40, desta sexta-feira (31).
Segundo a sala de imprensa da Polícia Militar, os protestantes seguirão em passeata até a avenida Paulista, também na região central da capital. O grupo reivindica o reajuste salarial e melhores condições de trabalho e critica a Reforma da Previdência, proposta pelo governo de Michel Temer. 
O ato segue pacífico e não há estimativa de quantas pessoas estão presentes. A CET (Companhia de Engenharia e Tráfego ), informou a via está totalmente bloqueada.
Avenida Paulista
Na avenida Paulista, integrantes de centrais sindicais ocupam totalmente a via, na altura do Masp, sentido Consolação, desde as 16h desta sexta-feira. A passeata deve seguir em direção à Praça da República, no centro, onde o grupo se encontrará com os professores.
As entidades esperam voltar a reunir milhares de pessoas contra as reformas da Previdência e de leis trabalhistas pelo governo do presidente Michel Temer. Os protestos ocorrem em várias cidades do Brasil, como "aquecimento" para uma paralisação geral, segundo as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.http://noticias.r7.com/sao-paulo/contra-reforma-da-previdencia-professores-fazem-ato-em-frente-a-prefeitura-e-centrais-sindicais-ocupam-paulista-31032017