English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, abril 26, 2017

Feirinha Orgânica ocupa espaço na SMAC

Feirinha Orgânica ocupa espaço na SMAC
Durante toda a manhã foram comercializados hortaliças, legumes e frutas

Quem chegou à Secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda (SMAC), nesta quarta-feira, dia 26, encontrou uma novidade: a Feirinha Orgânica, promovida pela Cooperativa Proalt (Trabalho Alternativo de Trabalhadores Ligados à Pastoral da Criança), que fica na Fundação Beatriz Gama. A feirinha passará a acontecer todas as quartas-feiras, de 8h às 12h30min, na sede da SMAC, no Aterrado. Na parte da tarde, a feirinha se desloca para a Vila Santa Cecília, na praça da Biblioteca Municipal.

São hortaliças, como alface lisa, crespa, roxa e americana; almeirão; chicória; rúcula; bertalha; espinafre; rúcula; cebolinha; salsa; salsão; alho poró; repolho; couve e também legumes, como cenoura; beterraba; maxixe; couve flor; brócolis; abóbora; abobrinha e moranga. Todos orgânicos – sem agrotóxicos.

Além das hortaliças e legumes, a feirinha também disponibiliza sucos naturais, bolos e salgados assados enriquecidos com a multimistura, mandioca descascada, banana e vinagre aromatizado com ervas.

O trabalho da Proalt é desenvolvido há 18 anos, por cerca de vinte produtores que começaram como voluntários, produzindo a multimistura nos bairros para distribuição a crianças desnutridas, assistidas pela Pastoral. “Com o tempo, estudos e aperfeiçoamentos, começamos a plantar e produzir outros itens orgânicos. Nossos produtos são os únicos orgânicos da cidade”, declarou a produtora,  Luzinete de Jesus Nunes.

Érica Montese, advogada/mediadora da SMAC que acompanha o trabalho da cooperativa desde o seu início, afirma que a população ganha com essa parceria. “É importante, à medida que oferece à população local alimentos livres de agrotóxicos. Além disso, o consumo de orgânicos faz com que a sociedade tenha acesso a um meio de alimentação ecológica e muito mais saudável”, disse. 

“É Importante dizer também que eles são os únicos produtores orgânicos de Volta Redonda. Precisamos valorizar a alimentação saudável e estimular o  consumo de qualidade”, afirmou o vice-prefeito e secretário de Ação Comunitária, Maycon Abrantes, que fez questão de prestigiar a feira.