English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quinta-feira, junho 22, 2017

FILME INCENTIVA DEBATE SOBRE TRABALHO INFANTIL

FILME INCENTIVA DEBATE SOBRE TRABALHO INFANTIL

Ação faz parte das atividades de conscientização pelo
Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado dia 12

Utilizar a linguagem lúdica para falar de um assunto que preocupa centenas de países em todo o mundo e atinge mais de 3,3 milhões de crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos no Brasil: o trabalho infantil. É desta forma que a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, através do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), pretende trazer o problema à tona, incentivando o debate e conscientizando a população de que esta prática é crime.

Para isso, a Secretaria realizará na próxima segunda-feira, dia 26, uma sessão de cinema na quadra do Horto do Paraíso, onde será exibido, às18h30, o filme “Crianças Invisíveis: Bilú e João”, que aborda a questão do trabalho e da violência infantil no Brasil, tomando como base a realidade vivida por crianças da região do Capão Redondo, considerada uma mais violentas de São Paulo.

A exibição do documentário, que é aberta ao público, será seguida de um debate sobre o tema, mediado por representantes do Instituto Dagaz, de Volta Redonda, por técnicos do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) de Resende, além da coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil no município.

O objetivo da atividade, que faz parte das comemorações pelo Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado no último dia 12 de junho, é mostrar à população, especialmente aos pais e responsáveis, que o problema existe e que sua prática se constitui numa das mais graves violações aos direitos de crianças e adolescentes, comprometendo o desenvolvimento de suas potencialidades físicas e mentais, além de limitar o direito de brincar.

Além da exibição do filme, marcada para a próxima segunda-feira, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Resende também desenvolve ações conscientização da população, através da distribuição de folhetos educativos em locais como escolas, no CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) e nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social), localizados nos bairros Lavapés, Toyota, Jardim Esperança, Itapuca e Paraíso, além do CRAS Itinerante que percorre diversas comunidades do município.

Durante essas atividades, os técnicos do PETI reforçam que o lugar de crianças e adolescentes é na escola, desenvolvendo atividades que sejam compatíveis com sua faixa etária, e lembram que a única atividade produtiva permitida na faixa etária dos 14 aos 16 anos é o programa menor aprendiz.