English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

segunda-feira, junho 26, 2017

Gestão eficiente na Educação em Volta Redonda gera economia de R$ 200 mil em apenas 12 dias letivos

Gestão eficiente na Educação em Volta Redonda gera economia de R$ 200 mil em apenas 12 dias letivos
Dados são comparativos entre as quinzenas de maio de junho com desjejum, lanche e colação.

A Prefeitura de Volta Redonda fez mais uma importante economia. Desta vez, um levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Educação com bases comparativas entre 12 dias letivos de maio e junho. A economia foi de R$ 202.742,33 em 95 unidades escolares e outras cinco da Fevre. De acordo com o levantamento, na segunda quinzena do mês de maio foram gastos R$ 1.319.022,30 e na primeira quinzena de junho R$ 1.116.279,97.
De acordo a Secretária Rita Andrade, a economia foi resultado de uma fiscalização realizada em cada unidade escolar e que teve como objetivo evitar o desperdício do dinheiro público, mantendo a qualidade das refeições dos alunos matriculados na rede.
 “Nossa preocupação era de manter a qualidade da merenda servida e também de garantir a quantidade de nutrientes diários para a necessidade de cada aluno e foi exatamente isso que fizemos”, disse a secretária.
Ainda de acordo com ela, a fiscalização junto com a base nutricional, serviu para apontar que a grande quantidade de alimentos consumidos entre essas refeições estavam atrapalhando o almoço dos alunos.
“Percebemos que os alunos não estavam comendo a porção necessária para suas atividades diárias durante o almoço. Isso porque, muitos repetiam o café da manhã uma, duas ou mais vezes e na hora do almoço - principal refeição para o restante do dia - às vezes não se alimentava satisfatoriamente. Essa foi a nossa preocupação”, completou Rita.
Ela lembrou que essa economia foi realizada mesmo após a implantação do programa do Governo Federal, o Programa Novo Mais Educação, que está beneficiando cerca de 7000 alunos em contraturno.
“Isso significa que aumentamos o número de refeições servidas e, mesmo assim, conseguimos fazer essa economia tão significativa”, explicou a secretária.
Na escola Municipal Walmir de Freitas Monteiro, que fica no bairro Santa Cruz, por exemplo, 96% dos alunos estão participando desse programa. Já no Colégio Municipal Professora Delce Horta Delgado, no Aterrado, 45% dos alunos estão sendo beneficiados com o Novo Mais Educação.

A fiscalização da merenda escolar é realizada por um profissional da própria unidade, escolhido pela direção da escola.
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva disse que esse é um bom exemplo de gestão. "É essa eficiência que buscamos no setor público. Os alunos da rede pública estão se alimentando bem e de acordo com os padrões nutricionais e, além disso, o dinheiro público não está sendo desperdiçado".