English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quinta-feira, junho 29, 2017

JOVEM DE RESENDE LEVA MEDALHA DE BRONZE EM OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA

JOVEM DE RESENDE LEVA MEDALHA DE BRONZE
EM OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA

Estudante de escola municipal, que disputou prêmio com 17 milhões
de alunos de todo o Brasil, vai receber premiação nesta quinta-feira, 29

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que envolveu 17 milhões de estudantes em todo o Brasil, tem um ganhador de Resende: Pedro Henrique de Almeida Fernandes, da Escola Municipal Professor Carlinhos, na Fazenda da Barra 3. O aluno, que sempre estudou na Rede Municipal de Ensino, cursava a 7ª série do Ensino Fundamental no ano passado quando participou da competição e conquistou a medalha de bronze. A premiação será nesta quinta-feira, 29, às 15h, no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro.

Para a professora de matemática da Escola Municipal professor Carlinhos, Bruna Carolina de Matos, a classificação de Pedro Henrique, que ficou em terceiro lugar na OBMEP, é resultado de dois fatores fundamentais: a qualidade do ensino oferecido na escola e o esforço pessoal empreendido pelo aluno.

- O professor entrega em sala de aula o seu melhor, e o aluno que se dedica sempre alcança êxito, como é o caso do Pedro Henrique. Esta é uma conquista dupla porque nós, professores, também nos sentimos valorizados e premiados com a conquista dele, especialmente porque este é um concurso que envolve todo o país - disse Bruna, acrescentando que este feito mostra, na prática, como a escola pública pode ser tão, ou até mais, capacitadora que a escola privada. 

Ao tomar conhecimento que havia ganhado a Medalha de Bronze, Pedro Henrique, de 15 anos, disse que a direção da Escola Professor Carlinhos, e a professora Bruna, foram fundamentais para sua conquista, dando a ele todo o apoio necessário para enfrentar a prova. O incentivo dos pais também foi lembrado pelo estudante.

- Além da medalha, ganhei um ensinamento a mais ao participar desta Olimpíada, pois antes eu achava que não seria capaz de participar, muito menos de ser premiado. Mas minha mãe falou que todo mundo é capaz, basta estudar, se dedicar. E desde que ela falou isso, comecei a me esforçar, estudando todo dia, e cheguei até a Medalha de Bronze. Espero que outros pais também incentivem seus filhos, como meus pais me incentivaram - disse Pedro Henrique.

A primeira professora de Pedro Henrique, Juliana Cristina Rabello, hoje diretora adjunta da escola, disse que se sente orgulhosa com o feito de seu ex-aluno:

- Eu tive a oportunidade de ser a primeira professora do Pedro. Ele sempre foi um jovem muito participativo, em todas as atividades, além de muito dedicado e estudioso. E o apoio da família também contribuiu muito para o desenvolvimento do Pedro. Ele é merecedor desta conquista e vai ainda mais longe - atestou.

A opinião também é compartilhada pela diretora da escola, Célia Maria da Cunha, que disse que vai continuar incentivando seus alunos a participar de eventos como a OBMEP.

- Chegar à vitória num concurso como este é muito compensador. Os alunos percebem que esta conquista não é um acontecimento fora da realidade dele e, se um colega venceu, é porque todos têm capacidade de vencer também, mesmo sendo aluno de escola pública como o Pedro Henrique. Esta é a mensagem que fica - finalizou a professora Célia.