English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

sexta-feira, junho 16, 2017

Samuca Silva lança Fórum Estratégico do Ensino Superior

Samuca Silva lança Fórum Estratégico do Ensino Superior

Idealizado pelo prefeito de Volta Redonda, Fórum reúne o Poder Público e seis instituições de ensino para ofertar a melhor qualidade de vida à população

O Fórum Estratégico do Ensino Superior de Volta Redonda foi lançado oficialmente nessa semana (quarta-feira, dia 14), no Teatro Maestro Franklin de Carvalho Júnior, no Colégio Getúlio Vargas, no bairro Laranjal. A entidade, idealizada pelo prefeito Samuca Silva, reúne seis instituições de ensino da cidade: UFF, Unifoa, UBM, UGB, FASF e Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), além do próprio Governo Municipal. A ideia do Fórum é reunir as universidades para pensarem, junto com a prefeitura, em políticas públicas utilizando as ideias acadêmicas para melhorar a qualidade de vida da população de Volta Redonda.  

"É um momento histórico. É sonho que sai do papel e ganha a realidade. E essa realidade é a melhoria de qualidade de vida da nossa população Quero e vamos fazer Volta Redonda grande. O que queremos do ensino superior daqui a 20 anos? Isso é o que vamos discutir. Volta Redonda é um celeiro de mão de obra intelectual com mais de 30 mil universitários e devemos aproveitá-los com parcerias”, discursou Samuca Silva, que continuou:

“Volto a dizer que quem escolhe as instituições de ensino são os estudantes. No Fórum, esquecemos as disputas mercadológicas para pensar no bem estar da comunidade. Não vejo como, por exemplo, o Governo Municipal contratar uma empresa de fora para elaborar projetos que podem ser realizados pelos nossos acadêmicos. O Fórum está no Plano de Governo, autenticado em cartório em junho de 2016. Porém, isso não aconteceria se houvesse a colaborações de todos vocês das universidades”, ressaltou Samuca Silva, arrancando aplausos da plateia. No evento, o prefeito foi acompanhado pelo secretário municipal de Planejamento, Júlio Andrade; e de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães; além do presidente da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), Eduardo Dessupoio.  

O vice-presidente da Unifoa (Centro Universitário de Volta Redonda), Eduardo Guimarães Prado, destacou a importância de Volta Redonda unida para o benefício de toda região: "O Fórum é um ato muito importante e capitalizado pela prefeitura que traz um grande fruto para cidade: a melhoria da qualidade de vida da comunidade. Volta Redonda é um município que olha pra frente, unindo as melhores mentes para o benefício da população. Melhoria em Volta Redonda é também melhoria para toda região”.

Na mesma linha de raciocínio, o diretor da FASF (Faculdade do Sul Fluminense), Cláudio Menchise, complementou dizendo sobre a importância dos jovens acadêmicos nos trabalhos nas comunidades. “Temos um capital intelectual que quer e precisa ajudar os moradores de Volta Redonda. O Fórum já é uma realidade que beneficiará a cidade em diversos setores”.      

VOLTA DO DIÁLOGO ENTRE AS UNIVERSIDADES

Aos 82 anos, e bem lúcido, o reitor do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa), Leandro Álvaro Chaves, lembrou que décadas atrás já havia esse diálogo entre as entidades de Ensino Superior da região. Porém, os encontros foram extintos após a criação do sindicato no Rio de Janeiro. “O atual prefeito de Volta Redonda reestruturou uma ideia antiga para beneficiar o ensino superior da região”.

Geraldo Di Biase Filho, reitor da UGB, também destacou essa antiga união entre as universidades do Sul Fluminense, dando o próprio exemplo. “Sou da primeira turma de medicina da UniFoa. O mercado mudou muito e precisamos voltar a unir força em prol da população de toda a nossa região”.     

O professor Paulo André Jácome, representante da Universidade Federal Fluminense, parabenizou o prefeito Samuca Silva e disse que não há outro motivo das universidades a não ser pensar no bem estar da população. “Temos ensino de qualidade para simplesmente pensar na melhoria de qualidade de vida da nossa população”.

Ana Paula Damato Benfeito, representante do IFRJ no lançamento do Fórum, lembrou que, aos 17 anos, teve que buscar conhecimento fora de Volta Redonda porque, em sua área de atuação, não havia cursos. Trinta anos depois, conta ela, a cidade de Volta Redonda mudou e precisa cada vez mais avançar: “E o Fórum essencial para isso”, resumiu.      

GRUPO DE TRABALHO DO FÓRUM

A ideia do Fórum do Ensino Superior, que tem como presidente o prefeito Samuca Silva, é realizar reuniões de trabalho duas vezes por mês para discutir ações entre o poder público e as universidades. As primeiras ideias já surgiram como a participação dos acadêmicos no PPA (Plano PluriAnual) Digital, do Orçamento Participativo, com a apresentação de projetos para Volta Redonda.

Além disso, o Fórum está estudando a possibilidade do Congresso Regional de Ensino, com palestras, exposições e cursos. As instituições já participaram da Rua de Compras, na Avenida Sávio Gama, com prestações de serviços – na área de saúde, esporte e lazer – com os estudantes das universidades.