English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
ESTOU AO VIVO TODOS OS SÁBADOS DE 6:00H DA MANHÃ ÁS 9:00H DA MANHÃ NA RÁDIO LÍDER 90,1 FM.

VOCÊ É MEU CONVIDADO, ENTRE EM CONTATO PARA PARTICIPAR GRATUITAMENTE DO PROGRAMA ZAPPEANDO. DIVULGUE O TRABALHO QUE VOCÊ REALIZA EM SUA IGREJA, BAIRRO OU ENTIDADE REPRESENTATIVA! CHAMAR NO ZAP (24) 9 .9967-2456

quarta-feira, junho 14, 2017

Samuca Silva se reúne com motoristas do Transporte Escolar

Samuca Silva se reúne com motoristas do Transporte Escolar
Grupo de trabalho será formado para elaborar um projeto de lei sobre o transporte escolar em Volta Redonda

Um grupo de trabalho será formado para elaborar um Projeto de Lei para oficializar as regras do transporte escolar no município. A determinação veio do prefeito Samuca Silva, após uma reunião com representantes da categoria na manhã desta quarta-feira, dia 14. Atualmente, as regras são estabelecidas por um decreto do ano de 2002. “A ideia é preservar, por lei, os motoristas, a segurança das crianças que utilizam o transporte e o poder público. Quando regras são determinadas através de decreto, as pessoas envolvidas ficam a mercê do chefe do Executivo. Queremos mudar isso”, afirmou Samuca, que teve a companhia do presidente da Suser (Superintendência de Serviços Rodoviários), Wellington Silva, durante o encontro.

O grupo será formado por quatro representantes do transporte escolar; quatro responsáveis dos alunos; um representante da Suser; e um representante da Procuradoria Geral do Município, além do representante do gabinete do prefeito. Atualmente, de acordo com o decreto, a cidade é dividida em quatro setores e as permissões são distribuídas de acordo com a demanda de cada região.

Segundo a motorista Abigail de Souza, a Tia Bia, há nos dias atuais, 130 veículos na cidade realizando o transporte escolar – aproximadamente, duas mil crianças são transportadas, diariamente, na cidade. “Vocês fazem parte da mobilidade urbana e precisamos organizar, de maneira justa e legal, o serviço do transporte escolar. O atual governo é pautado pela legalidade”, disse o presidente da Suser, ressaltando o diálogo constante da autarquia com os motoristas. 

Tia Bia concordou e complementou: “Saímos mais tranqüilos da reunião. O diálogo é o melhor caminho para chegarmos a um consenso. Faremos o grupo de trabalho para apresentar ao prefeito o projeto de lei”. Após a elaboração do documento, Samuca Silva enviará à Câmara Municipal o projeto.